Artigo de Guilherme André
22-07-2019

A crescente onda de criminalidade recorrendo à clonagem das frequências de chaves keyless (acesso e ignição sem chave) tem gerado alguma preocupação entre os clientes. De modo a evitar este tipo de ataque, a Kia lançou uma bolsa denominada KiaSafe. Esta, tem por base o mesmo princípio utilizado na conhecida “gaiola de Faraday”. Assim, o objeto que se encontrar dentro da bolsa tem o seu elemento eletromagnético protegido, ficando imune a estímulos externos.

Leia ainda: Audi SQ7 TDI chega com imagem retocada e mantém V8 Diesel

Esta bolsa não é exclusiva para chaves da Kia, é abrangente a todas as marcas. De facto, o principal objetivo é impedir a criação de clones de frequências das chaves de acesso ao veículo. A oferta de bolsas Faraday em plataformas online é cada vez maior. Contudo, a Kia é um dos primeiros fabricantes de automóveis a investir neste método de proteção.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Por fim, a marca está também a trabalhar num segundo método de segurança para evitar este tipo de roubo. Encontra-se em desenvolvimento um botão “sleep” para as chaves, de modo a cortar o elemento eletromagnético, tornando o sinal impossível de replicar.

Percorra a galeria e conheça a bolsa de Faraday da Kia.

fotos: Kia

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top