Artigo de Guilherme André
13-11-2019

O segmento de supercarros elétricos tem conhecido cada vez mais interpretes, vindos de empresas menos conhecidas na indústria automóvel. Desta vez, a empresa japonesa Aspark decidiu desafiar os “tubarões” e criou um supercarro elétrico, o Owl. Este está equipado com quatro propulsores que debitam um total de 2012 cavalos e 2000 Nm de binário. Este é alimentado por uma bateria de iões de lítio de 1300 kW, algo que garante 450 km de autonomia (NEDC).

Leia ainda: Hennessey Resurrection Camaro, 1217 cv de pura loucura

Assim, é de esperar que as performances sejam fora do comum. De facto, o Aspark Owl acelera dos 0 aos 100 km/h em apenas 1,69 segundos. Para além disso, até aos 300 o tempo sobe para 10,6 segundos, valores que merecem destaque. Já a velocidade máxima é de 400 km/h. Quando necessita de carregar vai ter de esperar 80 minutos, caso utilize um carregador de 44 kW. Contudo, a empresa japonesa está a trabalhar numa bateria de maior capacidade para 2020.

Aspark Owl é limitado a 50 unidades

No exterior, o design une linhas suaves, num jogo de painéis completamente em fibra de carbono reforçada em plástico, exceto o tejadilho que utiliza aço inoxidável para uma maior rigidez. No total, o Aspark Owl tem 99 cm de altura, o que o torna, de acordo com o comunicado, no veículo de estrada mais baixo do mundo. Por fim, a Aspark vai fazer apenas 50 unidades do supercarro elétrico, sendo que cada uma custará 2,9 milhões de euros. O fabricante pretende entregar os primeiros exemplares no segundo quarto de 2020.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça o supercarro elétrico japonês.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top