Artigo de Equipa Automundo
18-10-2020

A ABT, preparadora alemã, é conhecida pelas modificações realizadas a veículos do grupo Volkswagen. De facto, aqui no Automundo já demos conta de várias unidades criadas por esta empresa que já tem mais de 120 anos de história. No entanto, hoje trazemos algo ligeiramente diferente do habitual. De facto, a ABT apresentou o primeiro “kit” de aumento de potência para um veículo híbrido plug-in: o Audi Q5 TFSI e quattro.

Leia ainda: Mercedes-Benz Classe X modificada pela Carlex a pensar nos ciclistas

De série, o SUV alemão conjuga o motor quatro cilindros a gasolina com um propulsor elétrico para um total de 367 cavalos e 500 Nm de binário. No entanto, com a alteração da ABT, estes valores saltam para os 425 cavalos e 550 Nm. Para chegar a estes números, a empresa limitou-se a mexer no motor a combustão que passa dos 252 para 310 cavalos.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Audi Q5 TFSI e recebe detalhes exteriores exclusivos

“Para nós, este Q5 representa o primeiro”, afirma Hans-Jürgen Abt, CEO da preparadora. No entanto, de ressalvar que a ABT tem bastante experiência neste tipo de propulsão, visto que participa na Fórmula E, a mais conhecida e prestigiante competição de monolugares elétricos da atualidade. Como complemento, pode personalizar o Audi Q5 TFSI e com detalhes exteriores exclusivos. Caso disso são as jantes de 22 polegadas em preto. Enquanto no interior, encontramos luzes de entrada em LED, novo botão start/stop ou manete de velocidades revista.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça a modificação.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top