Artigo de Equipa Automundo
10-03-2021

A DJI assinala o 15º aniversário com o lançamento de um novo drone. O FPV (First Person View) possibilita que os pilotos recorram a um headset que dá acesso à visão direta da câmara. O que, por outras palavras, quer dizer que é possível controlar o drone através dos “olhos”. Algo que se traduz numa experiência de voo completamente diferente. Realce ainda para o GPS, sensores que evitam indesejáveis colisões e ainda a capacidade de flutuar no mesmo lugar. Sem esquecer os travões de emergência e, como é hábito na marca, o regresso à base.

Leia ainda: C-Seed apresenta o primeiro televisor microLED dobrável de 165 polegadas

Outra nota de destaque é o sistema ADS-B. Este acrescenta uma camada extra de segurança em espaços mais movimentados. Avisando o piloto da presença de aviões tripulados no seu perímetro. Quanto à câmara, esta tem um sensor de 12 MP, que é capaz de registar um campo de visão de 150º, graças ao seu gimbal. Capta ainda imagens a 4K a 60 FPS ou 1080p a 120 fps, algo ideal para vídeos em slow motion até 4X. A DJI assegura que durante o voo é possível manter a gravação enquanto capa imagens daquilo que o drone regista. Se está preocupado com imagens tremidas, o sistema de estabilização eletrónica RockSteady resolve esse problema. Por sua vez, o Motion Controller possibilita que o drone copie os movimentos da mão do piloto.

O drone DJI FPV tem três modos de voo, com um deles a atingir os 140 km/h

Graças à tecnologia OcuSync 3.0 poderá comunicar com o drone até uma distância de 10 quilómetros. O modo Audience torna possível que comunique com até oito headsets emparelhados. A nova aposta da DJI foi criada a pensar em pilotos com pouca experiência, tal como para aqueles que estão habituados a lidar com estes gadgets. Poderá optar entre três modos de voo. O Normal tem como velocidade máxima os 50 Km/h. Este permite ainda que o piloto controle o aparelho com todos os sensores de deteção de obstáculos ativos. Sendo que reduz velocidade e trava, se necessário, antes de uma eventual colisão.

Veja também: Sabe qual foi o maior erro da Apple?

O Manual é pensado para pilotos com maior experiência. Sendo recomendado para aqueles que já estão familiarizados com o drone. Os sensores que evitam colisões deixam de estar ativos, ficando apenas ligado o travão de emergência. A aplicação Virtual Flight da DJI permite que treine primeiro aquilo que pretende fazer com uma velocidade máxima de 140 km/h. Existe ainda o Sport. Que é uma espécie de meio termo entre os dois anteriores. O controlo é maior, sendo que existem muitas medidas de segurança ativas. A velocidade máxima é de 97 km/h.

O DJI FPV tem um preço de 1399 euros

Só falta mesmo falar do preço. O DJI FPV chega ao mercado com um preço de 1399 euros. A caixa conta com um comando, um headset e ainda muitos acessórios e peças suplentes. Existe a possibilidade de comprar, em separado, outros acessórios. Como é o caso do comando por sensor de movimentos, que tem um preço de 149 euros.

Fotos: DJI

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top