Artigo de Guilherme André
29-04-2020

A mais recente criação da Spitfire Speed Shop, uma empresa especializada em modificações de motos com sede no Reino Unido, começou com uma BMW K100. No entanto, não sobraram muitos componentes da moto original nesta cafe racer. O denominado “Projekt K”, sendo que o K significa Kaiser, palavra alemã para imperador, deveria ter sido apresentada no evento Bike Shed. Evento esse que foi cancelado devido ao coronavírus.

Leia ainda: Esta agressiva Harley-Davidson venceu concurso afeto à marca

Ainda assim, estamos perante uma moto que conjuga componentes modificados. mas também de outras motos. De acordo com a DriveMag’s Riders, a forquilha dianteira foi “emprestada” de uma Suzuki GSX-R1000. Já o depósito de combustível é o mesmo, mas com ligeiras alterações, enquanto um novo sub-quadro dá uma espécie de “cauda” à moto e garante uma aparência mais agressiva. O banco foi revestido em pele com pontos em diamante. Já a pintura cinza escura pretende, segundo a empresa, recriar a cor dos Porsche 911.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

BMW cafe racer mantém motor original

Relativamente a motorização, as alterações são praticamente nulas. Mantém o motor quatro em linha de 987cc. Ainda assim, de referir os filtros cromados e o novo sistema de escape mais curto e trabalhado. Por fim, esta BMW cafe racer não está à venda, visto que se trata de um one-off. No entanto, se ficou interessado e tiver uma moto “dadora”, a Spitfire Speed Shop faz modificações ao público geral.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça a criação da Spitfire Speed Shop.

Fotos: Spitfire Speed Shop

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top