Artigo de Guilherme André
12-05-2020

O Lotus Esprit Turbo é um dos modelos mais emblemáticos da marca britânica. No entanto, este é, talvez, o exemplar com mais história de todos os 143 produzidos. Isto porque, com 18 mil quilómetros percorridos, era o carro privado de Colin Chapman, o fundador da Lotus. Este facto está documentado e, a unidade de 1981, era conduzida pelo líder antes do trágico acidente de aviação em dezembro de 1982.

Leia ainda: Este buggy fora do comum começou com um Chevrolet Corvette

Como se isto não bastasse, há ainda registos de pessoas emblemáticas que partilharam este mesmo exemplar. Personalizado ao gosto de Chapman, com revestimento em couro vermelho, direção assistida e ainda um filtro próprio contra o pólen para proteger o criador. Ao volante deste Lotus Esprit Turbo esteve Margaret Thatcher numa visita oficial como primeira-ministra britânica. Bem como Elio De Angelis, um dos pilotos da Lotus em Fórmula 1.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Este Lotus Esprit Turbo está à venda por mais de 110 mil euros

Por fim, o desportivo britânico é impulsionado pelo quatro cilindros 2.2 litros com 218 cavalos de potência. Perante tamanha importância e documentação, não é de estranhar o preço pedido. Isto porque esta mesma unidade encontra-se à venda por 114 mil euros. Quando comparando com as restantes unidades vendidas, este preço é mais elevado. Mas dado todo o registo histórico percebe-se o porquê.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça o desportivo.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top