Artigo de Guilherme André
24-03-2020

No mundo automóvel há carros que são realmente raros e que, em alguns casos, desparecem durante anos sem que sejam vistos. Um desses casos é o McLaren F1. No entanto, o supercarro recebeu uma versão ainda mais especial e rara, denominada F1 GTR, sendo que foram produzidos 28 destes. Como se não bastasse, a marca britânica foi ainda mais longe e criou apenas 10 McLaren F1 GTR Longtail, sendo que um deles é o deste artigo. Porém, este não é um exemplar qualquer, é o primeiro de todos.

McLaren F1 GTR Longtail com o chassis #19R foi carro de desenvolvimento

Esta unidade com o chassis #19R foi criada como carro de desenvolvimento e, segundo os relatos, apenas foram criadas duas unidades para este fim, sendo que a outra pertence ao colecionador Nick Mason. Contudo, o F1 GTR Longtail deste artigo foi o primeiro convertido para poder andar em estrada, um trabalho realizado pela Lanzante e Gordon Murray Design.

Leia ainda: Preparadora britânica deu ao clássico Jaguar E-Type mais de 400 cavalos

Caso não seja um fã de modificações e prefira manter o estado original, o anúncio refere que todas as peças de fábrica vão ser vendidas com o carro. Mais se acrescenta que há um livro dedicado com toda a documentação e história desta conversão para estrada. Para impulsionar este supercarro, a McLaren recorreu ao 6.0 lt V12 da BMW que debita 600 cavalos. Em associação surge a transmissão sequencial de seis velocidades. Sendo a versão Longtail, toda a carroçaria pretende aumentar os valores de downforce e, de série, pesava apenas 910 kg. Contudo, com todas as alterações para estrada, o peso deve ter aumentado ligeiramente.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça o supercarro que está à venda.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top