Artigo de Guilherme André
13-03-2020

Para quem não conhece o Mini Moke nasceu em 1964 em Inglaterra na fábrica da BMC. Depois da produção passar pela Austrália e Portugal, foi comprada pela Cagiva em 1990. Pelo meio, em 1980, Jean-Claude Hrubon decidiu criar uma versão ainda mais curta do pequeno todo-o-terreno. A produção foi assegurada pela Alsatian Craftsman (Scmitt automobiles) que chamou a essa versão mais pequena de “Schmitt”. Contudo, a Lazareth, empresa francesa especializada em personalizações, decidiu criar um autêntico “monstro” com este pequeno SUV.

Mini Moke recebe motor V8

Começando pelo motor, a Lazareth conseguiu introduzir um V8 italiano, mais especificamente da Maserati. Assim, a potência chega a uns expressivos 460 cavalos e 520 Nm de binário, que chegam às rodas através da transmissão robotizada. Tudo isto para apenas 850 kg de peso quando vazio. Relativamente ao interior, decidiram manter o carácter minimalista com um visual escuro. Destaque para a inclusão de um velocímetro por cima do volante.

Veja o vídeo:

Leia ainda: Este Rolls-Royce Cullinan é a verdadeira excentricidade sobre rodas

Se ficou interessado neste belo Mini Moke, fique a saber que o mesmo se encontra à venda, contudo, o preço não foi revelado. A Lazareth refere que o Mini V8M, nome técnico da personalização, foi criado com o propósito de entrar em anúncios ou no cinema. Para além disso, não está homologado para estrada, ou seja, se algum dia o vir será um circuito fechado. Saiba tudo no site oficial da empresa

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça o pequeno “monstro”.

Fotos: Lazareth

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top