Artigo de Guilherme André
13-02-2020

O nome Ford Mustang é um dos mais conhecidos e míticos da indústria automóvel. Com várias gerações a fazerem as delícias dos fãs ao longo dos anos, há algumas que se tornaram em verdadeiras relíquias admiradas por colecionadores. É o caso deste Ford Mustang Boss 429 de 1969, uma das variantes mais respeitadas do modelo. No total, foram produzidas 859 unidades em 1969, um número que demonstra a exclusividade da mesma. Em 1970 foram ainda vendidos mais 499. Ou seja, no total dos dois anos de produção foram conhecidos 1358 unidades do Ford Mustang Boss 429.

Leia ainda: BMW e arte, uma ligação que já deu origem a 19 obras primas com rodas

No que diz respeito a dados técnicos, esta versão tem uma particularidade muito especial. Todos eles têm uma identificação NASCAR que se encontra na porta do condutor. Todos os Boss 429 que saíram de fábrica têm as siglas KK (Kar Kraft) seguido do número (este podia ir desde o 1201 até 2558). Para além disso, estavam equipados com um V8 da Ford que debitava 380 cavalos (374 hp), um número respeitável para os anos 60/70. No entanto, existem rumores de que este motor podia produzir mais do que isto, mas que a Ford foi “limitada” por questões legais.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Este Ford Mustang Boss 429 está à venda por mais de 200 mil euros

A unidade deste artigo foi vendida para o Arizona em fevereiro de 1969 e tem a identificação KK1333. A pintura vermelha bem como o interior em preto são de série. Encontra-se em condições de concurso e foi uma das primeiras 150 unidades produzidas. Se procura um carro clássico para guardar na garagem e fazer um breve passeio ao fim de semana, este Ford Mustang Boss 429 é uma boa opção. Contudo, para o adquirir terá de gastar 219 972€, preço pelo qual está listado pela Barrett Jackson.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e veja o clássico ao pormenor.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top