Artigo de Guilherme André
03-12-2019

Provavelmente já ouviu o nome Kalashnikov em algum lado, mas não nas duas rodas. De facto, o fabricante russo de armas de fogo, como por exemplo, a AK-47, tem demonstrado interesse em alargar os horizontes para os motores. Depois da tentativa de criarem um carro elétrico e, através da subsidiária Izh, terem mostrado duas motos de aventura elétricas em 2018, decidiram voltar a investir nas duas rodas. Falamos da nova café racer concept elétrica.

Leia ainda: Aston Martin Virage de Príncipe Carlos pode ser seu

Ao contrário das outras motos com um sentido mais prático, aliás, uma delas era exclusiva para uso militar, este novo protótipo aposta forte no design. Desde o farol redondo na dianteira, passando pelos espelhos nas manetes e os aros nas rodas, os russos criaram um visual retro bastante elegante. Destaque ainda para as malas em pele situadas por baixo do banco.

Veja o vídeo:

Protótipo da Kalashnikov atinge uma velocidade máxima de 97 km/h

Para impulsionar esta moto, a Kalashnikov recorre a uma bateria de iões de lítio que permite uma autonomia de até 96 km. Por outro lado, o propulsor elétrico debita 67 cv e atinge uma velocidade máxima de 97 km/h. No entanto, considerando as mais recentes criações de motos elétricas que temos assistido, este protótipo tem números bastante inferiores. Por fim, não há dados relativamente a datas de lançamento ou mercados abrangidos. Ainda assim, não deixa de ser uma bela criação de um fabricante de material bélico e que nada tem a ver com motos vocacionadas para o lazer.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top