Artigo de Equipa Automundo
18-12-2019

A tecnologia está a ter um impacto cada vez maior na vida das pessoas. Mas é preciso utilizá-la de uma maneira inteligente para não trazer a destruição e outros perigos ao mundo. Um dos segmentos que se tem apropriado da tecnologia para se renovar é o setor dos transportes. Atualmente, são os veículos sustentáveis que estão em foco. A expectativa é grande, tanto por parte da indústria que necessita de antecipar as tendências de consumo, como por parte da população, que está ansiosa por utilizar este tipo de transporte. Mais detalhes sobre o futuro com veículos sustentáveis serão abordados a seguir.

Atualmente, todos os esforços para tornar os veículos mais sustentáveis estão, na maioria, a ser realizados pela indústria. Grande parte dos investimentos neste nicho estão a ser feitos na produção de carros elétricos. O que, até há pouco tempo atrás, ainda era um sonho, hoje já é realidade. Isto porque algumas cidades já têm carros elétricos em pleno funcionamento.

Algumas pessoas pensam apenas em automóveis quando o assunto é o transporte sustentável. Mas existem uma infinidade de possibilidades no que diz respeito ao futuro dos meios de transporte ditos mais verdes. Scooters elétricas, bicicletas, skates e até patins, podem e devem, ser considerados como opções de veículos sustentáveis. Quando integrados nos demais meios tradicionais, estas opções proporcionam uma enorme vantagem para a população. Outras alternativas com maior capacidade de passageiros, como o autocarro e o comboio, apresentam-se como formas fáceis de deslocação em ambiente urbano. Neste caso, é importante dizer que algumas cidades contam já com projetos que privilegiam alternativas sustentáveis.

A cápsula de alta velocidade é um modelo a considerar

Além dos meios de transporte elétricos, existem outras modalidades que, aos poucos, se disseminarão pelo mundo. A cápsula de alta velocidade é um modelo a considerar. Um dos projetos mais conhecidos até agora é o Hyperloop. Trata-se de um sistema, de certa forma semelhante ao conceito de um comboio, mas que atua dentro de um tubo de vácuo. O projeto propõe diversas vantagens, sendo a principal o tempo de viagem extremamente reduzido. Alguns exemplos demonstram que um trajeto entre São Francisco e Los Angeles, que corresponde a cerca de 600 quilómetros, seria percorrido em aproximadamente 30 minutos. Quem está por detrás desta iniciativa é Elon Musk, o empreendedor mundialmente conhecido pelos seus projetos na SpaceX e na Tesla.

Podem surgir uma série de benefícios ao dar-se prioridade a transportes ecologicamente amigáveis. São questões que vão para além da redução de gases poluentes. Menos barulho nos grandes centros, transportes mais baratos para os cidadãos, diminuição da taxa de mortes no trânsito e maior número de opções de transporte. Estes são apenas alguns exemplos de melhorias devidas à implementação de veículos sustentáveis.

Num universo cada vez mais recheado de tecnologias, nem sempre a solução está totalmente ligada a produtos inovadores. Favorecer o uso da simplicidade pode fazer a diferença. Algumas cidades pelo mundo já perceberam esta lógica e, por isso, estão a privilegiar os peões, as ciclovias e afins.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top