Artigo de Equipa Automundo
18-09-2020

Ao renomear a sua escuderia com o nome Alpine, a partir da temporada de 2021, o Grupo Renault coloca as cores da excelência francesa no coração da Fórmula 1. Amplamente reconhecida pelos sucessos e recordes na resistência e nos ralis, o nome Alpine ocupa o seu lugar na exigência, no prestígio e na performance da Fórmula 1. A marca Alpine, símbolo de automóveis desportivos, de elegância e de agilidade, designará o chassis do monolugar. Para a Alpine, esta é uma etapa chave para acelerar o desenvolvimento e o crescimento da marca. O motor da escuderia continuará a beneficiar das competências únicas do Grupo Renault em motorizações híbridas e será mantida a denominação E-Tech.

Alpine F1 Team entra na Fórmula 1

A assinatura dos novos acordos da Concórdia, com a limitação dos orçamentos e a aplicação, a partir de 2022, de um novo regulamento técnico, motivam o Grupo que está mais determinado do que nunca em voltar ao caminho dos pódios e das vitórias com as novas cores. “A Alpine é uma bela marca, forte e vibrante, que cola um sorriso na face dos adeptos. É uma marca de sonho, que vai ombrear com os maiores nomes do desporto automóvel, para realizar corridas espetaculares para os verdadeiros apaixonados. A Alpine levará até ao paddock da Fórmula 1 os seus valores: elegância, engenho e audácia”, disse Luca De Meo, C.E.O do Grupo Renault.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top