Artigo de Guilherme André
05-06-2020

O Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) continua a sofrer baixas devido à pandemia de coronavírus. Depois das provas em Portugal e Safari canceladas, bem como, Argentina e Itália adiadas, chegou a vez de mais duas localizações abandonarem a prova em 2020. Falamos do Rali da Finlândia e Nova Zelândia. Começando pelo país do norte da Europa, o comunicado surgiu esta semana e, portanto, o próximo rali agendado é o da Turquia a 24 de setembro.

Leia ainda: Fórmula 1 regressa em julho com o GP da Áustria

Relativamente ao Rali da Nova Zelândia, a organização viu-se obrigada a cancelar. Isto porque, o país manteve as fronteiras fechadas aos visitantes internacionais. “Ficou claro que com as nossas fronteiras fechadas às viagens internacionais e a logística necessária para receber milhares de visitantes internacionais como parte do Campeonato do Mundo de Ralis, a data de setembro de 2020 não era prática.”, afirmou Michael Goldstein, CEO do Rali da Nova Zelândia.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Nova Zelândia não recebe o Campeonato do Mundo de Ralis há sete anos

Deste modo, fica adiado por mais um ano o regresso desta localização ao WRC, depois de sete anos ausente do calendário. “Ficámos todos entusiasmados por ver a Nova Zelândia recuperar o seu lugar no Campeonato do Mundo de Ralis em 2020, após uma ausência de sete anos.”, refere Yves Matton, Diretor de Ralis da FIA. “Estamos naturalmente tristes por não podermos ir lá este ano.”, acrescentou.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top