Artigo de João Isaac
20-01-2020

Quando se pensa num carro de ralis, o Dacia Sandero não é certamente o primeiro nome que vem à cabeça. A empresa espanhola ASM Motorsport pensa de maneira diferente, tendo corrido em 2019 com o seu Sandero de competição em várias provas nacionais. No entanto, a ASM prepara-se para elevar a fasquia e vai estrear-se no exigente e icónico Rali de Monte Carlo.

Dacia Sandero de ralivai ser conduzido por Ermanno Dionisio

Foi utilizado, por exemplo, nos ralis Rallysprint Condeña, Rally Tierra de Granada e o Condroz Rally. Este Sandero especial de corrida foi originalmente desenvolvido com base nos regulamentos R4-Kit, mas foi adaptado para a nova regulamentação low cost Rally2-Kit da FIA. O Sandero será conduzido pelo italiano Ermanno Dionisio.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Leia ainda: Carlos Sainz e a Honda são os grandes vencedores do Dakar 2020. Português em destaque

O capot esconde um motor 1.6 litros turbo desenvolvido pela Oreca em França. Dispõe igualmente de tração integral e de uma caixa de cinco velocidades. Segundo estimativas avançadas pela ASM Motorsport, o seu Sandero é apenas meio segundo por quilómetro mais lento do que um carro da categoria R5 atual. O Rali de Monte Carlo decorre de 23 a 26 de janeiro.

Foto: ASM Motorsport

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top