Artigo de Guilherme André
18-02-2020

Daytona 500 abriu a temporada de 2020 de Nascar. Depois de ter sido adiada de domingo (16 de fevereiro) para segunda-feira (17 de fevereiro) devido à chuva, não podia conhecer um final mais aparatoso. Nos últimos metros da corrida, Ryan Newman seguia na frente a disputar a vitória com Denny Hamlin e Ryan Blaney. Newman, piloto da Roush Fenway, foi tocado e despistou-se a alta velocidade, algo que o fez embater no muro, contra outro carro e capotar. No vídeo em baixo é possível ver que o carro chegou a incendiar-se, mas a assistência ao piloto chegou pouco tempo depois.

Veja o vídeo:

O piloto de 42 anos não conseguiu sair do veículo pelo seu próprio pé. De facto, foi removido e levado de ambulância para o hospital. Em comunicado oficial, a Roush Fenway refere que Newman está “em estado grave, mas os médicos indicaram que não corre risco de morte”.

Leia ainda: Kalle Rovanperä, a sensação do WRC que começou a brilhar ao volante sem ter carta de condução

Quanto à corrida, a vitória ficou para Denny Hamlin que garantiu uma vaga direta nos Playoffs. O piloto com o número 11 conquistou a segunda vitória consecutiva na Daytona 500 em Nascar. Assim, tornou-se no quarto piloto de sempre a conseguir esse feito. Quanto a Newman, apesar do aparatoso acidente, cruzou a linha de meta no nono lugar.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Foto: reprodução

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top