Estes são os grandes campeões dos últimos 30 anos
Artigo de João Isaac
02-07-2019

Nas últimas três décadas, quer em duas rodas, quer em quatro, são vários os campeões que conseguiram revalidar, por várias vezes, os seus títulos. De Rossi a Schumacher, passando por Loeb, reunimos os campeões com maior número de títulos nos principais campeonatos mundiais.

No mundo dos ralis, é reconhecida aos países nórdicos uma grande capacidade de “produzir” grandes pilotos. Nomes como Alén, Blomqvist e Mikkola são disso exemplo. No entanto, não é menos impactante a relevância que o nome Sébastien teve nas últimas 15 temporadas do WRC.

Sébastien, o nome que é sinónimo de talento para os ralis

Com nove títulos conquistados consecutivamente, entre 2004 e 2012, Sébastien Loeb é o campeão dos campeões. E ganhou sempre ao volante de um Citroën. Os primeiros três títulos foram conquistados com o Xsara WRC, os quatro seguintes com o mais evoluído C4 WRC e os dois últimos com o DS3 WRC.

Leia ainda: Tecnologia híbrida chega aos carros do WRC

No período “pós-Loeb”, as classificativas do campeonato do mundo de ralis têm sido igualmente dominadas por um Sébastien, Ogier. O piloto francês é o atual campeão em título e soma já seis campeonatos consecutivos desde 2013. Integrou a equipa Volkswagen até 2016, tendo vencido quatro títulos com o Polo WRC, inclusivamente no ano de estreia da marca alemã. No entanto, em 2017, Ogier mudou-se para a Ford e ao volante do Fiesta WRC preparado pela M-Sport de Malcolm Wilson venceu dois títulos.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

O terceiro piloto com mais campeonatos ganhos nos últimos 30 anos é Tommi Mäkinnen. O atual responsável pela equipa da Toyota Gazoo Racing venceu quatro campeonatos seguidos na década de 90. Embora hoje vista a camisola da Toyota, entre 1996 e 1999 Mäkinen defendeu as cores da Mitsubishi ao conduzir as várias evoluções do Lancer.

Na Fórmula 1, Hamilton aproxima-se de Schumacher

Seja pela nacionalidade dos pilotos ou das equipas vencedoras, o domínio alemão tem sido uma constante na Fórmula 1. Michael Schumacher é o piloto com mais títulos. São sete campeonatos conquistados, dois com a Benetton, ainda nos anos 90, e cinco com a Ferrari, de 2000 a 2004. Assim, quem mais se aproxima de Schumacher é o atual campeão em título, Lewis Hamilton. O britânico venceu já cinco campeonatos e fê-lo sempre com um motor Mercedes. Em 2008, integrado na estrutura da equipa McLaren, mais recentemente com a equipa da marca de Estugarda. Tal como no WRC, também nos circuitos da Fórmula 1 o nome Sebastian significa títulos. O alemão Vettel é o responsável pelos quatro campeonatos consecutivos que a equipa Red Bull venceu entre 2010 e 2013.

Veja também: Dovizioso, o piloto italiano que não quer seguir as pisadas do compatriota Rossi

Nas duas rodas, Rossi ainda lidera

Considerando a categoria máxima do campeonato do mundo de motociclismo, Rossi ainda segue na frente da lista de pilotos com mais títulos. O italiano ganhou consecutivamente, de 2001 a 2005, três campeonatos com a Honda e outros dois com a Yamaha. Mais tarde, ainda com a Yamaha, voltaria a vencer mais dois títulos. O segundo lugar é partilhado por Mick Doohan, com vitórias consecutivas entre 1994 e 1998, e pelo campeão em título Marc Márquez, também com cinco títulos de campeão do mundo. Quer o piloto australiano, quer o espanhol, foram sempre campeões em cima de uma Honda.

Percorra a galeria e fique a conhecer os grandes campeões dos últimos 30 anos.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top