Artigo de Guilherme André
27-12-2019

O bicampeão de Fórmula 1, Fernando Alonso, decidiu trocar as pistas de alcatrão pela areia com a participação no Dakar 2020. Na véspera da partida para a Arábia Saudita o espanhol afirma que o foco não é a vitória. “Seria muito arrojado pensar na vitória”, declarou o piloto à emissora espanhola TVE. Para além disso, recordou um exemplo recente de alguém que também não conseguiu vencer. “Até Sébastien Loeb, o melhor piloto de ralis da história, não conseguiu ganhar. Imagine eu, que venho do asfalto”, disse.

Veja o vídeo:

Fernando Alonso não tenciona voltar ao Dakar todos os anos

Por outro lado, acredita que o futuro não passa por participações consecutivas numa das mais difíceis provas de todo-o-terreno do mundo. “Vai ser um rali único, uma experiência inesquecível. Ainda assim, não tenciono voltar ao Dakar todos os anos. O objetivo é ver o rali como uma experiência enriquecedora. Encaramos com energias positivas e talvez, em pelo menos uma etapa, possamos ser competitivos. Esse é o segundo objetivo”, declarou Fernando Alonso.

Leia ainda: Valentino Rossi só renova se a Yamaha conseguir bons resultados em 2020

O piloto espanhol destacou também a parceria com Marc Coma, também ele em estreia no lugar de co-piloto. Contudo, de recordar que o ex-diretor desportivo da prova conseguiu vencer o Dakar por cinco vezes na categoria das motos. “Para o Marc também é uma novidade ser co-piloto e temos de nos apoiar mutuamente para termos o menor número de problemas possível”, terminou.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top