Artigo de Guilherme André
28-10-2019

Lançado em 2016 e atualizado em 2018, o ferrari 488 GT3 recebe agora a terceira geração, a Evo. Esta vai estar disponível como um veículo novo, ou então, como melhoria para os consumidores atuais. Um dos principais destaques é o aumento da distância entre eixos para valores idênticos aos do 488 GTE. Deste modo, é mais fácil realizar conversões entre as duas versões.

Leia ainda: Campeonato do Mundo de Rallycross regressa a Montalegre em 2020

Já a alteração mais visível é o para-choques dianteiro. Este foi redesenhado, um processo que demorou, de acordo com a Ferrari, 18 mil horas. Entre cálculos e simulações, o objetivo passou por uma nova aparência mais apelativa, mas também melhorar a estabilidade do veículo.

Veja o vídeo:

Ferrari 488 GT3 Evo tem um kit para provas de longa duração

Passando para o V8 biturbo, este ganha um novo sistema de controlo. Assim, a Ferrari pretende produzir um binário mais suave e melhorar a fiabilidade. O peso total do veículo não escapou ao fabricante italiano, daí a redução do mesmo face ao antecessor. Por fim, a pensar nas provas de longa duração, o Ferrari 488 GT3 Evo tem um opcional “kit endurance”. Isto adiciona uma embraiagem em fibra de carbono, luzes adicionais no para-choques e travões do GTE. Ou seja, equipamento para provas como as 24 Horas de Le Mans.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça o renovado 488 GT3.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top