Artigo de Guilherme André
26-11-2019

O grande ponto alto da carreira de Jenson Button aconteceu em 2009. O piloto sagrou-se campeão do mundo de Fórmula 1 com as cores da Brawn GP. Depois de se retirar desta competição, decidiu experimentar outras modalidades, incluindo a famosa Baja 1000, uma das mais duras provas de endurance de todo-o-terreno. O piloto atacou a 52ª edição (decorreu entre 19 e 24 de novembro de 2019) com o carro da Rocket Motorsport, mas a corrida não correu como planeado. De facto, Button sofreu uma falha no diferencial, algo que impossibilitou o carro de continuar. Assim, Jenson Button e o co-piloto Terry Madden ficaram “apeados”.

Leia ainda: Volkswagen Motorsport vai focar-se na produção de carros elétricos

“Nós voltamos da Baja 1000 com uma história para contar, não a que gostaríamos, mas uma boa história da Baja”, afirmou Button nas redes sociais. O piloto mencionou que até começou bem a prova ao passaram “cinco carros a andar e 7 ou 8 parados ou acidentados”. Para além disso menciona que descobriram um “bom ritmo para cuidar do veículo quando necessário e acelerar nas zonas mais rápidas”.

Veja o vídeo:

Jenson Button esteve 17 horas no deserto com o co-piloto

Contudo, os problemas chegaram às 235 milhas (378 km percorridos). “Eu e o meu co-piloto ouvimos um grande barulho e perdemos a direção, tinhamos o diferencial partido”, disse Button. Neste tipo de provas endurance os problemas fazem parte, no entanto, o piloto não estava à espera do que o esperava a seguir.

Veja também: Red Bull Racing realiza primeiro pit stop da história em gravidade zero

“O problema é que nos encontramos o local mais remoto para avariar, ou seja, passamos toda a noite, num total de 17 horas debaixo das estrelas. As únicas pessoas que vimos eram outros participantes a pedir-nos para limparmos as luzes deles!” comentou o ex-campeão de F1. Por fim, não deixou de explicar ao “métodos de sobrevivência” para uma noite fora do comum. O alimento foi à base de “barras energéticas” e conseguiram acender uma fogueira. “Uma experiência de vida, não a que eu esperava, mas aceito-a”, terminou Button. 

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e veja algumas fotos da noite do piloto.

Fotos: reprodução Instagram

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top