Artigo de Guilherme André
23-01-2020

A temporada de 2020 de WRC vai iniciar, como já é habitual, com o Rali de Monte Carlo. Um dos principais destaques é a mudança de Ott Tänak. O piloto trocou a Toyota pela Hyundai depois de ter sido campeão com a equipa nipónica. Perante isto, todos os olhos estão postos na capacidade de adaptação do estónio a uma nova equipa e ao i20 Coupe WRC. Por enquanto, Tänak afirma que não faz ideia do que esperar para a primeira prova. “Eu preciso de realizar alguns ralis primeiro para perceber em que ponto estamos. Tudo é imprevisível”, afirmou o agora piloto da Hyundai Motorsport.

Leia ainda: Race Ready organiza competição para clássicos dos anos 80

O estónio acredita que o campeonato vai ser disputado até ao fim do ano. Mais acrescenta que espera forte rivalidade com dois pilotos. “Tenho a certeza de que, no mínimo, a luta pelo título vai ter mais dois pilotos (Thierry Neuville e Sébastien Ogier). No entanto, há mais que podem entrar na luta”, avisa Ott Tänak.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Shakedown dominado por Ogier

No Shakedown, os primeiros quilómetros antes das etapas “a sério”, Sébastien Ogier provou que a adaptação ao Toyota Yaris WRC correu bem. O francês foi o mais rápido (1:57,1), seguido por Thierry Neuville no Hyundai i20 Coupe WRC (1:57,2). O terceiro e quarto lugar ficaram para Elfyn Evans (Toyota Yaris WRC) e Ott Tänak (Hyundai i20 Coupe WRC), respetivamente. Por fim, de realçar que estes quatro primeiros do Shakedown são os favoritos a lutar por este Rali, mas também pelo campeonato.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top