Artigo de Guilherme André
26-07-2019

A Associação de pilotos de F1 (GPDA) apresentou um plano com quatro argumentos em que o principal objetivo é melhorar o espetáculo. Romain Grosjean representou os pilotos numa reunião em Genebra, Suiça, onde foram discutidos os novos regulamentos para a temporada de 2021. Grosjean fez questão de salientar que “51% dos pilotos acredita que esta é a direção a seguir”.

Leia ainda: Petter Solberg despede-se dos ralis e passa o testemunho ao filho

De acordo com o que os pilotos de F1 decidiram “o primeiro de quatro pontos são os pneus. O número dois é a aerodinâmica. Terceiro o peso e o quarto o dinheiro entre equipas”. Mencionou ainda que caso se resolvam estes quatro pontos o espetáculo de F1 vai certamente melhorar.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

O presidente da FIA, Jean Todt disse anteriormente que existe a possibilidade do regresso do reabastecimento na temporada de 2021. Os pilotos mostraram ser a favor desta medida, aliás, é uma das prioridades. Romain Grosjean aproveitou para explicar o porquê de quererem tanto esta reintrodução: “É uma solução temporária para o carro ser 70 kg mais leve. O peso é uma das razões pelas quais estamos a sobreaquecer os pneus dos. Parar para reabastecer é a forma mais barata de tirar peso ao carro”.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top