Artigo de Guilherme André
22-05-2020

Foi com grande tristeza que os fãs de ralis viram o Rali de Portugal 2020 cancelado devido à pandemia. Se tudo estivesse “normal” a prova teria começado ontem (21 de maio). Contudo, as competições virtuais estão “na moda” e foi encontrada uma alternativa virtual. O eSports WRC Shootout, que utiliza o jogo WRC8, vai juntar nas provas portuguesas eliminatórias entre alguns pilotos. De referir que os carros utilizados serão os de Rally2.

Leia ainda: Cupra cria três provas virtuais de corridas para os amantes de eSports

Começando pela “armada portuguesa”, destaque para a inclusão de Miguel Oliveira, piloto de MotoGP, que trocou o alcatrão pela terra, bem como as duas pelas quatro rodas. Este vai correr com o Hyundai i20. Para além disso, a prova vai contar com Bernardo Sousa (piloto das categorias de apoio do WRC) e José Pedro Fontes (bi-campeão nacional de Ralis). Sem esquecer Rhys Yates (WRC2), Marco Bulacia (WRC3), Pierre-Louis Loubet (WRC2), Sean Johnston e Alex Kihurani.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Rali de Portugal realizado por eliminatórias

No que diz respeito à organização do Rali de Portugal Virtual, tudo vai acontecer em regime de eliminatórias. Assim, os oito pilotos vão correr em 1vs1 (ver esquema na galeria). A prova de dia 22, quartos de final, vai acontecer no mítico circuito de Fafe. As meias finais, dia 23, vão ter duas classificativas (Castelo Branco e Fafe). Já a final está marcada para dia 24, domingo. Se quiser acompanhar esta alternativa virtual, saiba que pode acompanhar todas as classificativas no Facebook e a transmissão começa sempre às 20 horas.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top