Artigo de Guilherme André
03-10-2019

Romain Grosjean foi um dos grandes prejudicados no Grande Prémio de Fórmula 1 na Russia. O piloto da Haas, que até qualificou em nono lugar, viu-se envolvido num acidente de três carros que ditou o fim prematuro de corrida. O francês rapidamente demonstrou o seu descontentamento salientando que é necessário reduzir os níveis de agressividade nas primeiras curvas.

Leia ainda: Algarve Classic Festival celebra dez anos de competição de históricos

Em declarações à Autosport.com, Grosjean disse que “talvez devêssemos ser um pouco mais cavalheiros entre nós e pensar que há uma longa corrida pela frente”. Ainda que tenha ficado fora da corrida, Romain aceitou a leitura dos comissários. “A decisão foi que era um incidente de corrida, é a primeira volta da corrida, não vejo mal nisso”.

Mick Schumacher conduz monolugar em que o pai se sagrou campeão. Veja o vídeo:

Romain Grosjean acredita que o acidente era evitável

No entanto, o piloto sente-se frustrado por considerar que o acidente “era evitável”. Explicou o sucedido frisando que “deixei muito espaço no lado direito. Três naquela curva nunca dava. De quem foi a culpa?”. Este foi certamente um resultado penalizador para um piloto que estava a ter um bom Grande Prémio. “Trabalhamos muito durante todo o fim de semana para conseguir um bom carro e somos atirados para fora na curva 4 de uma corrida de 53 voltas, com uma manobra muito agressiva. Não estou feliz”, desabafou o piloto.

Veja também: Calendário de WRC vai ter três novidades em 2020

“Obviamente, quando ficamos de fora assim ficamos chateados, especialmente na nossa situação, quando não sabemos quando será a próxima vez que teremos um carro competitivo, e isso coloca ainda mais pressão”, afirmou Grosjean. De facto, Grosjean não tem tido uma época fácil. Este foi o sétimo abandono em 16 corridas esta época. Por fim, na classificação geral de Fórmula 1 encontra-se em 17º lugar com apenas oito pontos, menos 12 que o colega de equipa Kevin Magnussen.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Foto: Renault

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top