Artigo de Guilherme André
20-05-2020

Com a saída da Ferrari, Sebastian Vettel está sem carro para 2021. O alemão foi substituído por Carlos Sainz Jr., enquanto Daniel Ricciardo trocou a Renault pela McLaren. Ou seja, neste momento o único lugar livre é o da Renault, pelo menos para já. Isto deixa o futuro de Vettel em Fórmula 1 um bocado incerto. Apesar de ter conseguido vencer o título por quatro vezes com a Red Bull, o atual líder da equipa, Christian Horner, diz que é “tremendamente improvável” que isso aconteça.

Leia ainda: Carlos Sainz, o espanhol que passou de dispensado da Renault a piloto da Ferrari

Em declarações à Sky Sports News, Horner afirma que não quer estragar a dinâmica de equipa. “A experiência mostrou que dois machos alfa não costumam trazer frutos. Sebastian continua a ser um piloto bastante competitivo. Eu não acredito que fosse propício para a nova equipa ter dois alfas”, referiu Horner. “Nós estamos felizes com os pilotos que temos. Tenho a certeza de que ele tem várias opções para o futuro”, acrescentou.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Sebastian Vettel com futuro incerto na Fórmula 1

Como fica Vettel? Feitas as contas, saiu da Ferrari, uma das principais equipas do campeonato. Por outro lado, a Mercedes tem Lewis Hamilton e seria difícil juntar ambos. Com Horner a expressar confiança em Verstappen e Albon, o piloto alemão fica sem lugar nas três grandes equipas da grelha. Como se isto não bastasse, a McLaren, que fez um bom campeonato na época de 2019, também tem os dois lugares preenchidos. Vai ser interessante perceber onde vai acabar Sebastian Vettel, ou pior, se vai abandonar a competição.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top