Artigo de Guilherme André
01-04-2020

A pandemia de coronavírus obrigou a várias medidas de segurança, nomeadamente a quarentena. Com isto, as saídas de casa devem ficar reduzidas a deslocações meramente essenciais. Este dado obriga os veículos a ficarem, em alguns casos, durante longos períodos parados, algo que pode ser prejudicial para os mesmos. Alguns componentes não foram feitos para “estar parados” e requerem alguma atenção por parte dos donos. A pensar nisto, veja alguns cuidados a ter com o carro para que não tenha nenhuma “surpresa” quando a pandemia acabar.

Aproveite este bónus de 50 euros para ganhar dinheiro a jogar casino ou a apostar. Registe-se aqui

Em primeiro lugar mantenha tudo limpo e desinfetado

Antes de passarmos para dicas de manutenção, começamos por relembrar que, durante este período crítico, é estritamente necessário ter o seu carro desinfetado. Para tal, componentes como volante, manete da caixa de velocidades, consola central, puxadores das portas e tapetes têm de ter um cuidado redobrado. Durante a limpeza, evite produtos compostos por álcool. Isto porque, podem danificar a pele ou plásticos do veículo. É necessário recorrer a um pano limpo, se possível, novo. Condutor prevenido vale por dois!

Cuidar da bateria é crucial

Um dos componentes que mais sofre durante uma longa paragem é a bateria. Esta pode perder grande parte da carga, ou até mesmo, descarregar por completo. Ainda assim, há uma coisa que pode fazer. Um dos conselhos mais comuns passa por desligar o borne negativo. Nos automóveis mais recentes esta medida pode ser problemática e aconselhamos a consultar o manual do veículo. Em alguns casos, com o desligar a bateria o alarme pode também ficar desligado.

Leia ainda: Divirta-se e ganhe dinheiro com as melhores slots machines (e sem sair de casa)

Alguns componentes devem ser verificados

Não é pelo carro estar parado que se deve descuidar da manutenção do mesmo, bem pelo contrário. Mantenha os níveis certos de óleo, líquido de refrigeração ou liquido do limpa para-brisas. Caso não o saiba fazer, recorra ao manual do veículo para se aconselhar. Se o veículo estiver muito tempo parado e, por exemplo, o depósito do limpa para-brisas estiver mais vazio do que devia, pode correr o risco de ressequir e, eventualmente, partir-se. Evite despesas desnecessárias e mantenha os cuidados com a manutenção. Pode sempre aproveitar para mudar as escovas do para-brisas. De modo a evitar a degradação das pastilhas e discos de travão, se tiver possibilidade para tal, desengate o travão de estacionamento. Se o fizer, engrene uma mudança (primeira ou marca-atrás).

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Depósito de combustível (ou bateria no caso dos elétricos)

Certamente já ouviu que não faz bem ao veículo andar na reserva. Durante o período de quarentena ainda menos. Aliás, quando o veículo está durante um longo período parado, deve manter mais de metade do depósito cheio. Assim, vai evitar o excesso de sedimentos e impurezas.

Veja também: 5 coisas relacionadas com automóveis que pode fazer durante a quarentena

Caso tenha um carro elétrico ou híbrido plug-in, deverá manter o nível da bateria próximo dos 50% até um máximo de 80%. Isto vai ajudar a resguardar a longevidade da mesma.

Mantenha a pressão indicada nos pneus

É importante salvaguardar a pressão dos pneus para garantir o bom estado dos mesmos. Pode também aproveitar para medir a profundidade. Se possível, mova o veículo pelo menos uma vez por semana. Isto vai ajudar a que os pneus não fiquem deformados ou colados.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top