Artigo de Equipa Automundo
16-03-2020

O volante de um automóvel pode estar quatro vezes mais sujo do que a tampa de uma sanita pública, pelo que importa mantê-lo limpo. Desta forma, estaremos a lutar contra a propagação do coronavírus. Vivemos tempos difíceis em que todo o cuidado é pouco. Importa agora ser responsável e fazer todos os possíveis para evitar a propagação do coronavírus. A limpeza assídua das mãos é um dos comportamentos que devemos adotar e o mesmo se aplica às coisas que tocamos com as mãos com frequência, tais como maçanetas ou o nosso telemóvel. Isto também se aplica ao nosso carro.

Leia ainda: Versão descapotável do Volkswagen T-Roc já tem preços

Quer seja porque precisamos de utilizar o carro para alguma urgência, ou simplesmente porque ainda estamos a trabalhar fora de casa e ainda precisamos dele para nos deslocar, importa manter o seu habitáculo limpo. Mais ainda aquilo que tocamos com as mãos, como o volante, a manete das mudanças ou os botões do rádio. Isto ganha especial relevância se tivermos em conta um estudo levado a cabo pela CarRentals.com, que afirma que o volante de um automóvel pode estar quatro vezes mais sujo do que a tampa de uma sanita pública. Assustador, certo?

Deixar o carro limpo ajuda no combate ao coronavírus

O habitáculo do nosso carro é um local propício à proliferação de bactérias e devemos combater isso. Como? Faça uma pequena limpeza, um pouco por todo o carro (com especial incidência para os locais que tocamos com as mãos) com um pano limpo (de preferência de microfibras) e uma solução líquida à base de álcool. Importa também ter um pequeno desinfetante à base de álcool para utilizar sempre que entra e sai do veículo. Com estes pequenos gestos, estará a ajudar na luta contra a propagação do coronavírus.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top