Artigo de João Isaac
26-06-2019

Com a chegada das férias e do bom tempo multiplicam-se os automóveis na estrada e, consequentemente, o risco de acidente. As curtas viagens até à praia são, segundo os especialistas, trajetos de risco. Isto porque se trata de um ambiente conhecido, o que pode levar ao excesso de confiança por parte do condutor e assim aumentar a probabilidade de acidente.

Evite os chinelos e o fato de banho. A roupa e calçado de praia estão longe de serem ideiais para a condução. Não só se perde a sensibilidade ao utilizar os pedais, como os chinelos podem prender-se, impedindo a rápida reação em caso de necessidade. Conduzir sem t-shirt é, igualmente, desaconselhável. Em caso de acidente, o cinto de segurança pode causar queimaduras por fricção.

Por mais curto que seja o tempo de condução, use o cinto de segurança

A lotação do automóvel jamais deverá ser excedida. Isto porque assim não existem cintos de segurança para todos os ocupantes. A situação é ainda mais preocupante quando se tratam de crianças e das obrigatórias cadeirinhas de retenção. A carga deverá ser bem acondionada na bagageira e, em caso de necessidade, presa com cintas de fixação.

O condutor deve também garantir a sua hidratação. Deve beber água antes de iniciar a viagem, bem como fazer paragens regulares para beber mais sempre que necessário. Um condutor desidratado pode cometer os mesmos erros que um sob os efeitos do álcool.

Leia ainda: Estas são as melhores formas de partilhar um carro

Devem ainda ser evitadas posturas desadequadas, como a da condução com o cotovelo apoiado na janela. Não só afeta a capacidade de controlar o veículo como aumenta o risco de lesões graves em caso de acidente. O passageiro não deve também colocar os pés sobre o tablier. Em caso de embate, a ativação do airbag tornar-se-ia ineficaz e potencialmente perigosa.

Ao irmos até à praia, sabe bem levar apenas o essencial e deslocarmo-nos leves. Ainda assim, garanta que leva consigo os seus documentos de identificação. Na viagem, a música é normalmente uma excelente companhia. No entanto, aconselha-se não utilizar o rádio com o volume muito alto. Desta forma não conseguirá ouvir, por exemplo, a sirene de um veículo de emergência que se aproxima. Estacionar perto da sua zona preferida costuma, igualmente, ser um pesadelo. Evite entrar em conflito com outros condutores e desfrute do seu dia. Boas férias!

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top