Artigo de Equipa Automundo
30-03-2021

Todos aqueles que acreditam que James Bond começa somente com Daniel Craig, perdem a oportunidade de descobrir uma personagem que define os padrões ideais de vida da maioria dos homens de meia-idade, um pouco por todo o mundo.

O autor Martim Nabeiro (descubra mais acerca do mesmo aqui) coloca o seu melhor smoking, pede um Martini ao balcão e conduz-nos pela estrada da memória ao volante do carro de Bond em Casino Royale e de muitos outras máquinas inesquecíveis.

Casinos Online e o Bentley Mark IV de 1935

Um carro intemporal para uma personagem intemporal. O Bentley Mark IV surge no filme 007 – Ordem Para Matar (From Russia With Love) de 1963, com o eterno Sean Connery ao volante. A famosa personagem teria dificuldade em ver nos novos casinos online o apelo que o levava a jogar uma mão de cartas. Na ausência de tal ambiente exótico, de aventura e de possibilidades infinitas, onde ficaria a nossa história?

Este automóvel descapotável entrou para a notória galeria como um carro de James Bond, elevando a já luxuosa Bentley a um estrelato de que ainda hoje desfruta. O seu motor de 4,5 litros confere-lhe um inesquecível ronco que este automóvel octogenário transporta até aos dias de hoje.

O Icónico Aston Martin DB5 de 1963

Se existe um único carro que aliássemos instantaneamente à imagem do agente secreto mais famoso do cinema, este seria o vencedor. Este pequeno coupé diabólico surge em pelo menos seis filmes ao longo de mais de 40 anos de aventuras.

Ao seu volante, Sean Connery, Pierce Brosnan e Daniel Craig levaram-nos em momentos de adrenalina inesquecíveis. Na mais recente geração, este surge como o carro do Casino Royale em que Daniel Craig surge. Quase maior que a própria saga, este automóvel tem um impressionante motor de 4 litros com cerca de 282 cavalos.

Os fãs portugueses seguramente reconhecem o DB5 do filme 007: Ao Serviço de Sua Majestade graças às cenas rodadas no nosso país. Além do mais, a versão cinematográfica deste automóvel encerra alguns segredos muito interessantes, mas não esperem “spoilers” nesta página…

O Mundo Moderno do BMW Z8 de 1999

O James Bond de Pierce Brosnan refletia uma nova era tecnológica e uma evolução cada vez mais comercial de toda a saga. Para tal efeito, os últimos filmes do Século XX apostavam de forma clara em aproximar o mundo exótico de Bond das grandes marcas mundiais.

Qualquer definição de carro do James Bond é desde logo um privilégio para fabricantes e modelos, inserindo-os nos livros da cultura pop para as gerações futuras. A responsabilidade é igualmente elevada e para o efeito, em 007: O Mundo Não Chega, o inesquecível BMW Z8 torna-se parte do arsenal do protagonista.

A linha de automóveis desportivos Z4 e Z8 em muito beneficiaram desta exposição mediática, sendo o Z8 ainda hoje uma figura inesquecível que faz virar cabeças um pouco por todo o mundo.

O Impressionante Aston Martin DBS de 2006

O DBS faz pelas gerações mais atuais o que o DB5 fez durante décadas por fãs de James Bond. Este é seguramente o verdadeiro carro do Casino Royale, já que o nome da sua cor é oficialmente partilhado com um dos mais icónicos títulos do cinema.

Esta reinvenção da Aston Martin é ainda hoje considerada uma das mais belas criações automóveis de sempre. O seu design agressivo aliado a um desempenho verdadeiramente diabólico fez palpitar o coração de muitos fãs no cinema e alimentar os sonhos de muitos homens de todas as idades.

A Nova Geração e o Aston Martin DB10 de 2015

Infelizmente não é frequente vermos muitos Aston Martin em Portugal. A marca britânica que é em grande parte a alma de James Bond continua a surpreender pela audácia das suas linhas, aliadas a um desempenho verdadeiramente fenomenal.

A série de filmes protagonizada por Daniel Craig de 2015 em diante obrigou a um repensar da linha DB. O DB10 apresenta formas mais arredondadas e é um digno sucessor como o carro de Bond em Casino Royale.

As inúmeras décadas que separam estes icónicos supercarros apenas nos levam a crer que as coisas verdadeiramente únicas envelhecem de uma forma que lhes é muito própria. A nós resta continuar a sonhar com o dia em que nos sentaremos ao volante de um destes automóveis de James Bond.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top