Artigo de Guilherme André
07-10-2019

A Uber já disponibilizava helicópteros em Nova Iorque, mais especificamente, entre Manhattan e o aeroporto JFK. No entanto, este serviço era apenas disponibilizado a membros Platinium e Diamond. Agora, a empresa de mobilidade norte americana alargou o Uber Copter a todos os utilizadores da aplicação.

Leia ainda: Hitch Hotel, a primeira caravana extensível sem rodas

Segundo os dados revelados pela Bloomberg, o Uber Copter está disponível entre as 14h e as 16h e a reserva tem de ser feita até cinco dias antes. Relativamente ao preço, este varia consoante a procura, ou seja, pode ir desde os 200 aos 225 dólares (entre 182 a 205 euros). A empresa afirma que, por agora, apenas terá dois helicópteros a fazer o percurso. Ainda assim, este número deve aumentar nos próximos meses.

Veja o vídeo:

Como é feita a viagem de Uber Copter?

A Uber divide as viagens em três diferentes pontos com o objetivo de otimizar o tempo. Assim, os clientes são levados de carro (da Uber, claro) até à baixa de Manhattan. Depois de subir até ao heliporto, os passageiros são levados até ao ponto de aterragem.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Por fim, a última parte da viagem é feita, novamente de Uber, até ao destino final. Contas feitas, os utilizadores demoram aproximadamente 30 minutos em todo este processo. Este tempo é inferior face à viagem completa de veículo que pode demorar mais de uma hora.

Veja também: As 8 estradas mais perigosas do mundo

O Uber Copter está disponível desde julho de 2019. Porém, a empresa norte americana encontra-se a desenvolver um novo projeto de transporte aéreo denominado Uber Air. Com este serviço, a empresa pretende criar veículos de transporte com descolagem e aterragem na vertical, ou seja, necessita de uma área reduzida para manobrar. Neste momento estão previstos testes em Los Angeles e Las Vegas nos Estados Unidos e Melbourne na Austrália.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top