Artigo de Guilherme André
03-03-2020

O Audi A3 Sportback entra, finalmente, na quarta geração. Começando pelo exterior, as mudanças são evidentes. Nomeadamente na secção dianteira que foi atualizada, apresentando-se mais semelhante aos restantes modelos da gama. Na traseira adota linhas semelhantes, por exemplo, ao A1. Nesta quarta geração de referir que a marca alemã decidiu abandonar a carroçaria de três portas devido à fraca procura por parte do mercado. Os faróis apresentados nestas fotos são os opcionais matrix LED.

Leia ainda: Renault Morphoz, o protótipo que antecipa o futuro elétrico da marca

Passando para o interior, assistimos a uma verdadeira revolução tecnológica. Algo que salta imediatamente à vista é a inclusão de um novo desenho de tablier. Em frente ao novo volante surge o painel de instrumentos digital com 10,25 polegadas que pode ser aumentado como opcional para 12,3 polegadas. Logo ao lado, agora incorporado no tablier, surge o ecrã tátil de 10,1 polegadas que suporta a mais recente geração do sistema de infotainment da casa alemã. Ao contrário dos modelos mais dispendiosos da Audi, o novo A3 não utiliza um segundo ecrã digital para regular o ar condicionado, mas sim analógico. A bagageira apresenta 380 litros de capacidade que pode chegar aos 1200 litros com os bancos rebatidos.

Veja o vídeo:

Audi A3 Sportback com dois motores na fase de lançamento

No que diz respeito a motores, nesta primeira fase de lançamento vai estar disponível com duas opções. A gasolina surge o 1.5 TFSI com 150 cavalos, enquanto no Diesel recebe o 2.0 TDI. Este segundo pode adotar 116 cavalos ou 150 cavalos, consoante a versão escolhida. A potência chega às rodas dianteiras através da caixa manual de seis velocidades, ou sete velocidades automática S Tronic. Passando para as variantes mais potentes, S3 e RS3, ainda não foram apresentadas. Contudo, espera-se que o topo de gama esteja equipado com o 2.5 litros cinco cilindros e uma potência semelhante à apresentada pelo Mercedes-AMG A45, o rival direto.

Veja também: Alfa Romeo Giulia GTA, o regresso de um nome icónico

A marca alemã refere também que vai de expandir as alternativas de motorização de forma gradual, onde se pode esperar motores eletrificados e tração integral quattro. Ainda do ponto de vista mecânico, as variantes mais potentes (com 150 cavalos ou superior) vão receber uma suspensão traseira multibraços. Já as que tiverem menos do que esta potência recebem barra de torção.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Por fim, o período de reservas do novo Audi A3 Sportback começa em março. Já as primeiras entregas estão previstas para maio de 2020. De referir que os primeiros compradores vão beneficiar de uma edição especial de lançamento que acrescenta vários detalhes exclusivos, bem como mais equipamento.

Percorra a galeria e conheça a quarta geração do compacto premium alemão.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top