Artigo de Guilherme André
03-01-2020

Atualmente, os fabricantes de automóveis não conseguem fugir à eletrificação. Perante isto, o melhor mesmo é “seguir a maré” e acompanhar as tendências do mercado. Isto é o que vai fazer a Audi Sport. Em entrevista à Autocar, o responsável máximo da divisão desportiva da marca alemã afirma que a sigla RS vai chegar aos elétricos em 2021. Para além disso, refere ainda que o fabricante de Ingolstadt já escolheu o porta-estandarte para os RS elétricos: Audi e-tron GT.

Versão de produção do Audi e-tron GT chega em 2020

Se ficou fã do protótipo revelado no Salão Automóvel de Los Angeles em 2018, esta é uma boa notícia. Por enquanto ainda não existem confirmações oficiais, mas espera-se que a versão de produção chegue em 2020, muito provavelmente, no salão californiano.

Leia ainda: Os 20 carros elétricos e híbridos plug-in mais vendidos da Europa

Ao nível de especificações, o novo modelo utilizará a base do “primo” Porsche Taycan. Assim, será capaz de atingir os 600 cavalos na versão desportiva RS. Deste modo, é provável que o Audi e-tron GT mantenha os dois propulsores elétricos, um por eixo, como no concept. A bateria de 96 kWh vai permitir mais de 400 km de autonomia.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Ainda assim, a Audi Sport não se vai ficar apenas por um modelo. O SUV e-tron Sportback elétrico, já no mercado, também deve receber uma versão RS. Mais do que as esperadas alterações estéticas, também são esperadas alterações ao nível de afinações, por exemplo, de suspensão. Por fim, ao nível de novidades, a Audi está a preparar um novo R8 eletrificado. Assume também que está a trabalhar em variantes RS híbridas plug-in, denominadas Performance. Os primeiros a receber vão ser, muito provavelmente, a RS6 Avant e o RS7 Sportback.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top