Artigo de Guilherme André
11-02-2020

O novo Citroën C5 Aircross Hybrid é o primeiro passo da marca no caminho da eletrificação. Agora, o fabricante gaulês anunciou que já está a aceitar encomendas para o híbrido plug-in, versão essa que começa nos 43 797€ com o nível de equipamento Feel. Mais acrescentam que as primeiras entregas devem começar em junho de 2020.

Citroën C5 Aircross Hybrid tem 225 cavalos

O novo SUV C5 Aircross Hybrid, de tração dianteira, utiliza um motor 1,6 lt Puretech de 180 cavalos, a gasolina, associado a um elétrico de 80 kW. A potência combinada é assim 225 cavalos e o binário máximo atinge os 320 Nm. A transmissão está a cargo da caixa automática de controlo eletrónico e-EAT8.

Leia ainda: Novo Toyota Aygo poderá trazer propulsor híbrido

A autonomia elétrica declarada é de 55 quilómetros, um valor que, segundo a Citroën, está bem ajustado às necessidades diárias do utilizador. A propulsão elétrica pode ser utilizada até aos 135 km/h. Quanto a tempos de carregamento, recorrendo a uma wall box com carregador de 7,4 kW, o C5 Aircross Hybrid precisa de menos de 2 horas para recuperar toda a sua carga. Numa tomada doméstica de 3,7 kW, o processo demora 7 horas.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Para além das versões eletrificadas, a marca gaulesa também apresenta um leque de opções com motores a combustão. As alternativas Diesel são compostas pelo motor 1.5 BlueHDi com 130 cavalos e pelo 2.0 BlueHDi com 180 cavalos. Passando para a gasolina, aqui a aposta é feita com o 1.2 PureTech com 130 cavalos de potência.

 

Percorra a galeria e conheça o híbrido plug-in francês.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top