Artigo de Guilherme André
30-09-2019

A Scania reforçou o compromisso de trazer a tecnologia de condução autónoma para o mundo dos camiões. Depois do NXT Concept, um autocarro de transporte de passageiros que se “conduz sozinho”, a marca sueca voltou à carga ao apresentar o Scania AXL.

Leia ainda: Bentayga Hybrid é o primeiro passo da Bentley para a eletrificação

Este protótipo demonstra o seu carácter autónomo pela ausência de cabine para os passageiros. Assim, o camião orienta-se com recurso a câmaras, radares, LIDAR e sistema GPS. Deste modo consegue percorrer os espaços de construção sem necessitar de ajuda humana. No entanto, o AXL apenas pode ser utilizado em espaços amplos sem grandes obstáculos, já que a tecnologia não consegue controlar o veículo em espaços urbanos ou congestionados.

Veja o vídeo: 

A Scania pretende juntar o tradicional com as novas tecnologias

Apesar das tecnologias do futuro como a condução autónoma, a marca sueca não utiliza um propulsor elétrico. Assim, ao contrário das tendências, a Scania continua a utilizar motor a combustão movido a biocombustível. Este camião de carga autónomo vai ao encontro da estratégia da marca sueca.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

A Scania pretende tornar a indústria mais sustentável e a solução vai passar por modelos autónomos. Por fim, Claes Erixon, Responsável do fabricante, acredita que “este Escania AXL não tem cabine e isso muda significativamente o jogo”.

Percorra a galeria e conheça o camião de carga com condução autónoma.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top