Artigo de Equipa Automundo
10-02-2021

O DS 4 é a nova proposta da marca para o segmento C-Premium que aposta no requinte e na engenharia de vanguarda para conquistar novos clientes. O DS 4 apresenta-se com proporções excecionais. Com uma largura de referência de 1,83 metros e rodas de grandes dimensões de 720 milímetros (jantes até 20 polegadas), para um comprimento compacto de 4,40 metros e uma altura de 1,47 metros, as dimensões são imponentes e conferem uma presença marcante.

Leia ainda: Nio ET7 é o novo modelo da “Tesla da China” e tem autonomia até 1.000 km

A secção frontal é marcada por uma nova assinatura luminosa. Os elegantes e sofisticados faróis contam com o sistema DS MATRIX LED VISION que combina iluminação matricial e direcional. São acompanhados por luzes diurnas compostas por duas filas de LED de cada lado (98 LED no total). As DS WINGS ligam os faróis à grelha do radiador. De acordo com as versões, a grelha consiste numa estrutura de duas peças, com motivos em pontas de diamante, de dimensões diferentes, que se destacam numa grelha tridimensional. Acima desta, o longo capô confere à silhueta um impulso dinâmico.

O perfil combina fluidez e linhas afiladas. Puxadores de porta embutidos acompanham as superfícies esculpidas nos flancos. A relação entre o volume do perfil da carroçaria e as rodas de grande diâmetro (incluindo uma opção de jantes de 20 polegadas com inserções ‘aero’) é herdada do ‘concept’ DS AERO SPORT LOUNGE, conferindo-lhe, assim, uma presença incomparável.

O DS 4 tem a capacidade de se transformar

Na traseira, o tejadilho alonga-se acentuadamente para baixo até ao óculo traseiro particularmente inclinado, com película de esmalte que sublinha um exterior de reconhecida elegância. A silhueta ganha tanto em estilo como em eficiência aerodinâmica. Os guarda-lamas traseiros revelam volume generoso, com curvas e arestas vivas na carroçaria que destacam o pilar C, este marcado por um apontamento em preto brilhante, com o emblema DS Automobiles incrustado. A secção traseira apresenta uma assinatura luminosa de nova geração, com um efeito escamado progressivo, gravado a laser. A partir da mesma silhueta, o DS 4 tem a capacidade de se transformar. Com o DS 4, no fulcro da gama, a elegância assume um papel dominante graças ao ‘design’ específico dos para-choques, detalhes subtis cromados e um tejadilho em preto contrastante, de forma a conferir-lhe uma presença marcante.

Veja também: Porsche Taycan ganha versão mais barata, mas ainda assim não é para todas as carteiras

O DS 4 CROSS, por seu turno, joga na perceção visual de um SUV, com um tratamento da parte inferior dos para-choques, realçada por uma proteção específica e pintura em preto mate. Os rebordos superiores dos vidros laterais em preto brilhante, uma grelha em preto brilhante, as jantes específicas, as barras de tejadilho e o próprio tejadilho na cor da carroçaria completam o conjunto. Como opções exclusivas, o DS 4 CROSS pode ser equipado com o sistema Advanced Traction Control, o qual garante uma melhor motricidade com modos de funcionamento Areia, Neve e Lama, bem como o Hill Assist Descent Control. De cariz mais dinâmico, o DS 4 PERFORMANCE LINE oferece um acabamento exterior em preto, com um Pack Black (DS WINGS, barra entre as luzes traseiras, grelha e rebordo dos vidros laterais) e jantes específicas em preto, para além de um interior igualmente exclusivo.

A pureza e a fluidez do design interior

O DS 4 apresenta um interior digital, fluido e ergonómico com integração intuitiva de cada elemento, tanto em função como em estilo. Esta fluidez é apoiada por inovações concebidas para assegurar total tranquilidade a bordo do DS 4. As saídas de ar invisíveis DS AIR constituem um sistema de ventilação inovador com ventiladores centrais muito compactos em altura e equipados com aletas invisíveis. O fluxo de ar é separado por um cone, que efetua a direccionalidade ideal, tanto para cima como para baixo. Tudo funciona como num ventilador convencional, mas com uma eficiência otimizada. Por ser compacto na vertical, tem uma aparência integrada e sóbria, que permite que o desenho do tablier seja estruturado de forma fluida e requintada.

O interior do DS 4 foi concebido com duas zonas integradas: uma zona de contactos, apontada ao conforto, e uma zona de interações para as diferentes interfaces. O acabamento bicolor dos comandos de abertura das janelas foi concebido para melhorar a interação cognitiva. Graças à combinação de diversos materiais, com diferentes tipos de couro, Alcantara, carbono forjado, madeira e novas técnicas de confeção, o interior do DS 4 combina requinte e tecnologia. Os bancos, que podem integrar ventilação e função de massagem nas versões em couro, possuem uma nova morfologia particularmente elaborada. A sua conceção inspira-se numa concha que cria uma nova zona de conforto formada numa única peça única, curvilínea e sem separações. Uma nova confeção envolve toda a espuma de alta densidade para alcançar um nível excecional de conforto. Mais largos e com uma morfologia em concha, os bancos proporcionam uma amplitude sem precedentes e um estilo inovador.

A sua conceção inspira-se numa concha

No interior bicolor, os bancos em couro granulado Gris Galet são acompanhados por elementos claros e suaves nas zonas de conforto, decorrente do couro granulado e do guilhochado Clous de Paris. Na parte superior que forma a zona de interação, as decorações são adornadas com madeira Brown Ash e couro Nappa Criollo Brown, de elevadíssima qualidade. Símbolo do melhor ‘savoir-faire’ da DS Automobiles, o interior do nível de equipamento OPERA compõe-se por bancos em couro Nappa Criollo Brown confecionados em forma de bracelete, de desenho elaborado. As decorações em madeira Frêne Brun (Freixo Castanho) e amplas superfícies em couro Nappa Criollo Brown (Criolo Castanho) completam este universo luxuoso.

Leia ainda: Toyota Camry, o regresso de um ícone em versão híbrida

Com esta composição interior, os mestres estofadores foram ainda mais longe na integração do ‘savoir-faire’ francês: as costuras fechadas, em que cada ponto se encontra na superfície do couro, realçam os contornos dos revestimentos em couro dos painéis das portas. Esta é uma das muitas intervenções “artesanais” dos interiores, tais como a escolha de decorações em madeira Frêne Brun (Freixo Castanho) ou a confeção dos volantes integralmente revestidos em couro. A versão PERFORMANCE LINE acentua o dinamismo do DS 4. Vastas superfícies em Alcantara® cobrem o tabliê, painéis das portas e a consola central. Os bancos de alta densidade destacam-se pelo tecido trançado Basalte e Alcantara®, com costuras e pespontos específicos em dourado e carmesim. O braço inferior do volante integra uma peça única em carbono forjado.

A harmonia do interior vê-se também reforçada por uma iluminação ambiente indireta personalizável, concebida para valorizar os elementos laterais e contribuir para a serenidade do conjunto. O ambiente sonoro eleva-se por um sistema de alta-fidelidade FOCAL ELECTRA de 690 Watts e 14 altifalantes, complementado pela adoção de vidros laterais acústicos, naquela que é outra estreia no segmento. Um sistema de purificação de ar garante uma proteção ativa do habitáculo, com sensores de partículas PM2.5 no interior e um detetor de poluição exterior. A gestão da entrada do ar é otimizada com a adição de um sistema de filtragem capaz de purificar o ar interior em apenas alguns minutos. A qualidade do ar é registada e exibida no ecrã central.

Tecnologia aumentada

Com base numa significativa evolução da plataforma EMP2, com 70% de peças novas ou exclusivas, o DS 4 oferece tecnologia híbrida ‘plug-in’ logo desde o lançamento do modelo, num sistema que debita 225 cavalos de potência e assegura mais de 50 quilómetros de autonomia em modo zero emissões (ciclo combinado WLTP). Além disso, o novo DS 4 destaca-se com um sistema de info-entretenimento de nova geração, ajudas à condução inéditas no segmento C-Premium e um inovador sistema de projeção de informação.

Eletrificação E-TENSE

Com um elevado nível modular, que permite acomodar diferentes soluções de motorização, a plataforma EMP2 apresenta-se numa nova evolução especificamente desenvolvida para o DS 4, com resultados positivos visíveis em matéria de desempenho e proporcionando, simultaneamente, mais liberdade criativa aos estilistas de forma a moldar uma silhueta de proporções inéditas.

Arquitetura

A arquitetura foi desenvolvida para atingir as proporções e o desempenho aerodinâmico desejados. A relação carroçaria/rodas, sem precedentes no segmento e no universo ‘premium’, deu origem a uma silhueta simultaneamente atlética e eficiente, onde se destacam um novo desenho de capô e o rebaixamento do conjunto capô/guarda-lamas, bem como do piso dos bancos traseiros.

Redução de peso

A nova evolução da plataforma EMP2 recorre a novos componentes em materiais compósitos, componentes estruturais estampados a quente e a elementos mais compactos, tais como a unidade de ar condicionado, o que liberta espaço para outros componentes. O volume da bagageira atinge os 430 litros, com acesso mãos-livres e abertura e fecho com comando elétrico.

Segurança

A nova evolução da plataforma EMP2 foi concebida para satisfazer as mais recentes e mais rigorosas normas regulamentares no domínio de colisões, sem comprometer o peso da estrutura.

Qualidades dinâmicas e acústicas

A noção de serenidade dinâmica, tão preciosa à DS Automobiles, é ainda mais acentuada no DS 4. A utilização de soluções técnicas avançadas como a soldadura e colagem (quase 34 metros de cordão de cola e pontos de soldadura aplicados na estrutura da carroçaria), bem como os elementos de ligação ao solo e os componentes da direção totalmente redesenhados, garantem um prazer de condução de referência, complementados pela otimização da resistência à torção da carroçaria e a um funcionamento exemplar da suspensão, tudo convidando a longas horas passadas ao volante.

Híbrido ‘plug-in’

Marca campeã de Fórmula E nas temporadas de 2019 e 2020, a DS Automobiles está na linha da frente em sistemas de motorização elétrica. A nova evolução da plataforma EMP2 foi desenvolvida para acomodar uma nova geração de motorizações híbridas ‘plug-in’ sem comprometer a habitabilidade ou o volume da bagageira. No DS 4, o sistema alia um motor sobrealimentado de quatro cilindros a gasolina, com 180 cv de potência, ao qual está acoplado um motor elétrico de 110 cv integrado na transmissão automática de oito velocidades e-EAT8, para uma potência total de 225 cv. Todo este conjunto é alimentado por uma bateria mais eficiente, com novas células mais compactas e de maior capacidade, conferindo ao novo DS 4 uma autonomia superior a 50 quilómetros em modo elétrico zero emissões (ciclo combinado WLTP).

O DS 4 será também proposto em versões a gasolina PureTech de 130, 180 e 225 cv e uma versão turbodiesel BlueHDi de 130 cv. Todos os motores possuem transmissões automáticas de oito velocidades. O DS 4 oferece, assim, uma vasta gama multi-energia com soluções particularmente eficientes, apoiadas por avançadas soluções aerodinâmicas.

Eficiência ao nível das rodas

Com medidas de rodas de 720 mm, o DS 4 oferece jantes até 20 polegadas. A principal oferta consistirá em jantes de 19 polegadas. Uma versão “Tall & Narrow” foi concebida especificamente para limitar as perturbações aerodinâmicas e reduzir as emissões de CO2 e, ao mesmo tempo, apresentar estilo e conforto excecionais. A elevada dinâmica é reforçada por uma redução de 10% no peso de cada jante (ou seja, 1,5 kg por roda) com inserções aerodinâmicas para reduzir o consumo de combustível e as emissões de CO2.

Conectividade aplicada num interior fluido e digital

Em matéria de conectividade, a prioridade no novo DS 4 foi oferecer soluções que permitam que o condutor não tenha de desviar o olhar da estrada, o que se traduz numa inegável garantia de segurança acrescida. Designado DS EXTENDED HEAD-UP DISPLAY, este sistema de ‘head-up display’ estendido oferece uma experiência visual de vanguarda que constitui o primeiro passo para a realidade aumentada. Recorrendo a uma nova tecnologia imersiva, a informação indispensável à condução é projetada diretamente na estrada. Oticamente, os grafismos são exibidos quatro metros à frente do para-brisas, acompanhando o olhar do condutor numa diagonal de 21 polegadas, algo que é inédito no segmento. Informações essenciais, tais como velocidade, ajudas de condução, navegação e mensagens de alerta, ou mesmo a música que o condutor está a escutar ou a chamada telefónica que está a receber, são projetadas “na estrada”.

Esta tecnologia sensorial e experimental faz parte de uma oferta mais global, no núcleo de um sistema de informação e entretenimento de 10 polegadas totalmente redesenhado: o DS IRIS SYSTEM. O novo sistema utiliza ergonomia do tipo smartphone com uma interface táctil, fluida e reativa, com base em perfis e ferramentas (widgets) totalmente personalizáveis. As definições e preferências de visualização são automaticamente carregadas no arranque do veículo. A lógica de personalização permite a qualquer pessoa ajustar os conteúdos às suas preferências. O lançamento comercial do DS 4 ocorrerá no quarto trimestre de 2021.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top