Artigo de João Isaac
16-09-2019

A Ford está empenhada em eletrificar a sua gama e aproveitou o Salão de Frankfurt para o demonstrar. Assim, a marca da oval azul estima que até ao final de 2022 as motorizações eletrificadas representem mais de 50% das suas vendas de veículos de passageiros.

Leia ainda: Fiat aposta em versão desportiva do crossover 500X

Para o conseguir, compromete-se a lançar uma versão eletrificada de cada modelo novo de passageiros que lançar. Até 2024, serão lançados dezassete veículos eletrificados, oito dos quais durante 2019. Até ao final de 2022, prevê igualmente que já tenham sido vendidos 1 milhão de veículos de passageiros eletrificados.

No Salão de Frankfurt, a Ford apresentou a sua maior gama eletrificada de sempre. O Kuga, o novo SUV médio, é o primeiro Ford a oferecer propulsores mild hybrid, full hybrid e plug-in hybrid. Para quem necessita de lotações maiores, a Ford propõe o Explorer Plug-in Hybrid, com 7 lugares, e o Tourneo Custom Plug-in Hybrid para oito passageiros.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

O novo Puma, agora em formato SUV, é igualmente um dos destaques da atual oferta da marca. Inclui tecnologia mild hybrid em duas versões distintas do motor 1.0 EcoBoost, quer com 125, quer com 155 cavalos. Chega em dezembro de 2019. Como opção híbrida auto-recarregável, a Ford propõe também a carroçaria station wagon do Mondeo Hybrid. Em 2020, chega o SUV 100% elétrico inspirado no Mustang com autonomia prevista de 600 quilómetros.

Percorra a galeria e veja as fotos dos modelos eletrificados da Ford.

Fotos: Ford.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top