Artigo de Guilherme André
11-06-2020

A Ford decidiu acrescentar à gama do Fiesta uma motorização eletrificada. Falamos da introdução de variantes com tecnologia mild hybrid de 48V denominada EcoBoost Hybrid. Esta solução combina os motores três cilindros 1.0 litros a gasolina, com 125 ou 155 cavalos de potência, a um pequeno motor elétrico que substitui o alternador e motor de arranque. Assim, permite realizar duas tarefas, tal como no Ford Puma. Se por um lado substitui o binário ao fornecer até 50 Nm para diminuir o esforço do motor, por outro é um auxiliar de potência e aumenta até 20 Nm de binário. Para além disso, nota de destaque para a nova caixa automática de dupla embraiagem de sete velocidades que equipa o Ford Fiesta.

Leia ainda: Novo Fiat 500 elétrico “La Prima” berlina já se encontra disponível para pré-reserva

Ainda assim, as novidades não são apenas debaixo do capot. O utilitário recebe também um reforço no que diz respeito a tecnologia. Neste ponto, o FordPass Conect, sistema que permite regular algumas funções, passa a ser de série. Já o sistema de infotainment SYNC 3 foi alvo de uma atualização. Sem esquecer o novo carregador por indução para smartphone.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Ford Fiesta melhora oferta de sistemas de segurança

Como não há duas sem três, o Ford Fiesta viu os sistemas de segurança aumentados. Destaque para o cruise control adaptativo com Stop & Go, bem como, reconhecimento de sinais de trânsito. Por outro lado, relacionados com assistentes de estacionamento, surge o Cross Traffic Alert, com travagem de emergência. Por fim, ainda não há data para a chegada ao mercado das variantes mild hybrid do Ford Fiesta.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça as novas variantes do utilitário.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top