Artigo de Guilherme André
20-04-2020

Se há carros que dispensam apresentações, o Ford Mustang é um deles. O desportivo norte-americano chegou ao seu 56º aniversário na sexta geração. No entanto, há mais um motivo importante para celebrar. De facto, o carro mítico da Oval Azul tornou-se, pela quinta vez consecutiva, no desportivo coupé mais vendido do mundo.

Leia ainda: Porsche entregou mais de 53 mil carros no primeiro trimestre de 2020

Segundo os dados da IHS Marki, foram vendidas 102 090 Ford Mustang a novos donos em 2019. Apesar do mercado norte-americano ainda ser o principal impulsionador destes números, a Ford destacou a crescente procura em alguns mercados. No total, 9900 unidades chegaram ao continente europeu, o que representa um crescimento de 3% face a 2018.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Ford Mustang cada vez mais procurado no mercado europeu

Decompondo o número por mercados, percebemos que há países que se deixaram “seduzir” pelas linhas e história do “muscle car”. Começando pelo Alemanha, o crescimento foi de 33%, enquanto na polónia ronda os 50%. Já em França, as vendas foram também importantes ao venderem praticamente o dobro de 2018. Por fim, de referir que em Portugal o Ford Mustang é vendido nas versões fastback e cabrio. Debaixo do capot encontram-se o V8 5.0 lt que chega aos 449 cavalos. No entanto, o mais acessível recorre ao 2.3 EcoBoost, igualmente a gasolina, com 291 cavalos de potência.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top