Artigo de Guilherme André
26-09-2019

A Genovation, empresa dedicada à criação de elétricos desportivos, ditou em 2017 o novo recorde de velocidade para um veículo elétrico homologado para circular em estrada. Na altura, o GXE, versão eletrificada de um Corvette C6, atingiu 336,3 km/h. No entanto, não contentes com o feito, decidiram regressar ao Centro Espacial Kennedy, Estados Unidos da América, para bater o próprio recorde. Esta segunda tentativa foi bem sucedida já que o elétrico atingiu 338,28 km/h.

Leia ainda: Estes são os Mercedes-Benz que não vão ter direito a versão AMG

Quando olhando para os 490 km/h conseguidos pelo Bugatti Chiron, percebemos que os elétricos continuam longe dos veículos movidos a combustíveis fósseis. Ainda assim, é de salientar que o Genovation bateu o próprio recorde apesar das se terem registado ventos cruzados, ou seja, a marca podia ser ainda melhor.

Veja o vídeo:

O Genovation GXE tem mais de 800 cv de potência

O GXE está equipado com dois propulsores elétricos que debitam mais de 800 cavalos e aproximadamente 950 Nm de binário. A empresa afirma que este veículo tem uma distribuição de peso quase perfeita. No entanto, tendo em conta a quantidade de potência produzida, a autonomia sai algo prejudicada. De facto, as baterias de 60 kWh permitem percorrer cerca de 209 km com um único carregamento, um valor muito inferior do que, por exemplo, os Tesla.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Por fim, a Genovation vai vender 75 unidades desta versão que conjuga uma imagem tipicamente “muscle car” com propulsão elétrica. Estas tentativas são uma boa oportunidade para demonstrar as capacidades do veículo, uma boa jogada para cativar possíveis consumidores. Afirmam ainda que as primeiras entregas aos clientes estão previstas para o último quarto de 2019.

Foto: Genovation

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top