Artigo de Guilherme André
05-11-2019

A Mercedes-Benz ditou o objetivo de oferecer mais de 20 modelos plug-in na gama. O novo A 250e é a mais recente adição à família EQ, a divisão de elétricos do fabricante alemão. A nova variante do Classe A deve chegar ao mercado nacional ainda em 2019, com um preço base de 40 700€ para a variante hatchback. Passando para a versão Sedan, o valor aumenta para os 42 150€.

Leia ainda: Volkswagen inicia produção do ID.3 e acelera ofensiva elétrica

Tal como no B 250e, o A 250e utiliza um motor 1.3 litros turbo, a gasolina, com 160 cavalos combinado com um propulsor elétrico de 75 kW (aproximadamente 100 cv). O motor elétrico serve igualmente de motor de arranque do motor térmico. A potência combinada é de 218 cavalos e o binário atinge uns expressivos 450 Nm de binário. Assim, é capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em 6,6 segundos e atingir uma velocidade máxima de 235 km/h. A adoção desta tecnologia praticamente não roubou bagageira.

A 250e oferece 65 km de autonomia em modo puramente elétrico

No que diz respeito a autonomia, o híbrido plug-in declara, segundo o ciclo WLTP, 65 km em modo puramente elétrico. Para além disso, quando chega a altura de carregar, pode recorrer a uma wallbox de 7,4 kW, algo que permite o carregamento dos 10 aos 100% em 1 hora e 45 minutos. Por fim, num carregador DC de 24 kW, o carregamento dos 10 aos 80% acontece em 25 minutos.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça a versão híbrida plug-in do Classe A.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top