Artigo de Guilherme André
18-07-2019

A Jaguar Land Rover (JLR) tem passado por um dos piores momentos financeiros da história. Contudo, o Governo britânico anunciou o “empréstimo” de aproximadamente 556 milhões de euros (500 milhões de libras). Este fundo tem como destino final o apoio no desenvolvimento do design, produção e exportação de veículos elétricos.

Leia ainda: Ford pretende vender 600 mil elétricos na Europa em seis anos

O grupo vai investir milhões a transformar as instalações de Castle Bromwich, Inglaterra, criando assim a “primeira fábrica premium de veículos elétricos do Reino Unido”. O primeiro veículo produzido nas novas instalações será, muito provavelmente, a próxima geração do Jaguar XJ. De facto, a Jaguar Land Rover anunciou recentemente que este modelo vai passar a ser 100% elétrico.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Com este investimento, segundo o comunicado do fabricante, a marca vai conseguir manter pelo menos 2500 postos de trabalho no Reino Unido. Por fim, propuseram ao governo e indústria da Grã-Bretanha que investissem na produção de baterias em grande escala. Deste modo, iriam suportar os planos elétricos não só da JLR, mas também dos veículos elétricos já existentes.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top