Artigo de Equipa Automundo
02-11-2020

A Jaguar Land Rover participa num projeto inovador de investigação para testar as capacidades dos novos metais e compostos leves que serão utilizados nos veículos do futuro. Integrado num projeto com dois anos de duração, a companhia irá utilizar tecnologia desenvolvida para a indústria aeroespacial para perceber como os materiais se comportam em ambientes corrosivos, em mercados internacionais e em condições de terreno adversas. As amostras dos novos metais e compostos que planeam utilizar no futuro nos veículos da Jaguar e Land Rover irão integrar sensores de qualidade aeroespacial e serão testados em algumas das condições físicas mais extremas do planeta durante 400 000 km na América do Norte.

Alpine A110S, o desportivo puro e duro com a elegância do passado

Estes sensores irão analisar continuamente o desempenho dos materiais e enviar estes dados à equipa de desenvolvimento de produtos da Jaguar Land Rover no Reino Unido. Com esta informação, os engenheiros podem prever com precisão o comportamento do material durante o desenvolvimento dos novos programas de veículos e garantir que a nova geração de metais leves cumpre as exigentes normas da companhia e disponibiliza, por sua vez, um acabamento mais duradouro e de maior qualidade.

Leia ainda: Ferrari 250 GTE, o carro da polícia italiana mais temido dos anos 60

Matt Walters, Lead Engineer na equipa de Metals and Process Materials da Jaguar Land Rover, declarou: “Este projeto de investigação é o claro exemplo de nosso compromisso para com o desenvolvimento de materiais leves, duradouros e robustos para os nossos veículos futuros. A utilização de tecnologia avançada do setor aeroespacial, como estes sensores, é a prova da qualidade e dos padrões que estamos a atingir. Neste projeto de investigação revolucionário colaboramos com parceiros de primeira categoria e iremos melhorar a correlação entre o mundo real e os ensaios acelerados enquanto aumentamos a qualidade e a durabilidade”.

Leia ainda: Dupla da Land Rover recebe motorização híbrida plug-in

Esta investigação integra o Gesamtverband der Aluminiumindustrie e.V. (GDA), um consórcio de fabricantes de alumínio e de veículos que estudam a longevidade dos materiais e como podem ser mais leves e duradouros. Trabalhar com líderes do setor assegura a qualidade e produção para desenvolver novos veículos leves, melhorar a eficiência e reduzir adicionalmente as emissões são componentes fundamentais da estratégia Destination Zero da Jaguar Land Rover: um futuro com zero emissões, zero acidentes e zero engarrafamentos. Este projeto baseia-se na investigação contínua de novos materiais, do projeto REALITY, um processo inovador de reciclagem que dá uma segunda vida ao alumínio automóvel de alta qualidade, ao desenvolvimento de eletrónica estrutural impressa, que permite reduzir o peso da eletrónica do veículo em até 60 %.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top