Artigo de Guilherme André
16-12-2019

Com o ano quase a terminar, grande parte das marcas já pensam em 2020. Como tal, começam a surgir as primeiras novidades de alguns fabricantes como a Suzuki, e agora, da Jeep. Durante a apresentação de produto da marca americana, Marco Pigozzi, diretor de Marketing, salientou que a Jeep quer vender muitos Renegade híbridos plug-in. Para além disso, fez questão de salientar que o SUV vai ter um preço “agressivo”, ou seja, deverá ser competitivo.

Jeep Renegade híbrido debita 240 cavalos

A Jeep também já revelou os dados técnicos do novo SUV amigo do ambiente. Este vai estar equipado com o quatro cilindros 1.3 Turbo de 180 cv, motor esse associado a um propulsor elétrico de 136 cv instalado no eixo traseiro. Assim, o resultado é uma potência combinada de 240 cavalos que permite acelerações dos 0 aos 100 km/h em cerca de sete segundos, tornando-o no Renegade mais potente da gama.

Leia ainda: Mitsubishi renova Space Star para começar 2020 com novos argumentos

Para além de estar disponível em modo híbrido, o SUV permite a condução em sistema 100% elétrico, conseguindo uma autonomia de até 50 km. Quanto à bateria utilizada, ainda não se conhecem números, contudo, sabe-se que adiciona 120 kg face ao Renegade a combustão. Por fim, os clientes podem esperar uma redução da volumetria da bagageira. Pode contar com 336 litros, menos 15 do que os originais 351 lt. Por enquanto, apenas se sabe que chega ao mercado inglês em junho de 2020, enquanto para Portugal não há data definida. 

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top