Artigo de Guilherme André
21-01-2020

A versão elétrica do SUV Niro chega ao mercado português em abril. O Kia e-Niro diferencia-se dos restantes através de alguns detalhes estéticos, como por exemplo, a grelha fechada (com a porta para o carregamento). Para além disso, recebe um para-choques com entradas de ar redesenhadas e alguns pormenores em azul, cor característica da eletrificação.

Leia ainda: Chefe do Grupo Volkswagen quer mudança radical para evitar o desfecho da Nokia

O e-Niro está equipado com um propulsor elétrico que produz 204 cavalos e 395 Nm de binário. Com esta configuração, a aceleração dos 0 aos 100 km/h faz-se em 7,8 segundos e atinge uma velocidade máxima de 167 km/h. Ao nível de autonomia, o valor é de 455 km, algo que só é possível devido à bateria de 64 kWh. De ressalvar que em ciclo urbano o valor pode subir até 650 km.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Quando chega a hora de carregar, o tempo varia, como se sabe, consoante a potência do carregador. Numa tomada doméstica demora 29 horas. Passando para potências de 7,2 e 11 kW, o tempo desce para 9 ou 5 horas e 50 minutos respetivamente. Por fim, no carregamento rápido até aos 80% o tempo desce para 75 minutos (50 kW de potência) ou 54 minutos (100 kW).

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Kia e-Niro está disponível a partir de 49 500 euros

O elétrico da Kia apenas está disponível com o nível de equipamento Tech. Assim, pode esperar um interior com revestimento em pele e tecido, bem como uma nova iluminação ambiente. A manete de caixa de velocidades é substituída por um seletor rotativo na consola central. Perante isto, o Kia e-Niro chega a Portugal com um preço base de 49 500 euros. No entanto, a marca sul-coreana vai disponibilizar uma campanha promocional para particulares que reduz o preço para 45 500 euros.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top