Artigo de Guilherme André
06-06-2020

Estava a pensar comprar o novo Mini John Cooper Works GP? Já vai tarde, isto porque, as 37 unidades destinadas ao mercado português já foram todas vendidas. De relembrar, que o preço de venda ao público começava nos 52 525€. Depois de ter sido apresentado uns dias antes do Salão Automóvel de Los Angeles em 2019, o John Cooper Works GP rapidamente suscitou interesse dos fanáticos da marca. Mas também percebemos porquê.

Mini John Cooper Works GP tem mais de 300 cavalos

O motor 2.0 sobrealimentado debita uns expressivos 306 cavalos e 450 Nm de binário, potência essa que chega às rodas dianteiras. De referir que é capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em 5,2 segundos, enquanto a ausência de limitador eletrónico de velocidade permite atingir os 265 km/h. Com estes números, o Mini John Cooper Works GP posiciona-se como o mais potente do segmento em que está inserido.

Leia ainda: Nova Toyota Hilux apresenta-se com motor mais potente

Aliado à potência, surge a imponente carroçaria com vários apêndices aerodinâmicos que lhe conferem um visual quase de competição. Destaque para a asa traseira de grandes dimensões que completa o “cabaz”. Ainda assim, o principal foco é ter um desportivo focado na dinâmica de condução. No interior, percebemos que o John Cooper Works GP é de apenas dois lugares devido à barra que atravessa o interior. Esta pretende reforçar a estrutura do desportivo.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça o desportivo.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top