Artigo de Equipa Automundo
12-01-2021

Chamam-lhe a Tesla da China e em 2019 não faliu porque o governo injetou camiões de dinheiro na empresa. Depois disso, a Nio tem vindo a fazer o seu caminho, tendo batido todos os recordes em 2020, seja no que se refere aos carros produzidos e entregues a clientes, seja no valor das suas ações na bolsa. E agora lançou mais um modelo, o qual será certamente um sucesso, tal foi a reação do mercado e analistas.

O modelo da Nio ET7 tem autonomia até 1.000 km

O novo ET7 é uma berlina 100% elétrica e o quarto modelo da marca de Xangai. Apresenta linhas modernas e vem equipado com muita tecnologia e uma autonomia até 1000 km. Tem um comprimento de 5.098 mm, 1.987 mm de largura, 1.505 mm de altura e 3.060 mm de distância entre eixos. Destaque para o chassis em alumínio e aço ultraleve. O Nio ET7 apresenta dois motores elétricos, um de 180 kW e outro de 300 kW, o que leva a que tenha uma potência combinada de 480 kW e aceleração dos 0 aos 100 km/h em 3,9 segundos.

Leia ainda: Tesla Cybertruck e mais 12 carros que surpreenderam pelo design

No interior, ninguém fica indiferente ao ecrã central de 12,8 polegadas, além de um painel de instrumentos de 10,2 polegadas e da mais recente versão do assistente digital Nomi. O aquecimento dos bandos e a ventilação são possíveis devido à utilização de  materiais sustentáveis. Segundo a marca, as primeiras entregas estão previstas começar no início de 2022.

Percorra a galeria e veja mais fotos do Nio ET7.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top