Artigo de Guilherme André
31-01-2020

Circular na Avenida da Liberdade e Baixa-Chiado vai ficar mais difícil. De acordo com Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, vai haver uma limitação na circulação de veículos nesta zona. Este anúncio foi feito durante a apresentação da Zona de Emissões Reduzidas (ZER).

Leia ainda: Na cidade portuguesa com mais trânsito passa-se mais de 6 dias por ano no pára-arranca

Assim, a partir do verão (julho/agosto), entre as 6:30 e a meia-noite, é necessário ter um dístico próprio para circular nestas secções. Para além disso, os moradores necessitam do mesmo dístico para poderem estacionar à superfície. Posteriormente, para quando o projeto entrar em vigor, ficou ainda anunciado que os lugares na via pública serão exclusivos a residentes. Com exceção de cuidadores, veículos afetos ao SNS e Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS).

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Quem está isento de utilizar o dístico?

Foi ainda dito que o dístico não vai ser necessário para veículos das forças e serviços de segurança, proteção civil e serviços em missão de urgência. Para além destes, surgem os veículos funerários em serviço, motociclos, ciclomotores e velocípedes.

Quem está proibido de circular nestas zonas de Lisboa?

Por fim, a circulação nestas vias de Lisboa é ainda proibida a alguns tipos de veículos. Em primeiro lugar, não vai ser permitido viaturas anteriores a 2000 andarem nestas zonas, bem como veículos com mais de 7,5 toneladas.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Fonte: Lusa

Foto: reprodução

 

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top