Artigo de Guilherme André
14-11-2019

Como não seria de estranhar, o novo Ferrari Roma foi apresentado na capital italiana, numa celebração à “Dolce Vita” do passado. O novo membro da família Maranello apresenta-se com um design desportivo e aguerrido com influências dos antepassados da marca do Cavallino Rampante, em linha com modelos como o 275 GTB. Ainda assim, destaca-se pelos faróis em LED, puxadores embutidos e um vidro traseiro ligeiramente mais amplo que os restantes modelos da marca.

Leia ainda: McLaren Elva, o roadster sem para-brisas que tem mais de 800 cavalos

O novo Ferrari Roma é um coupé de motor central focado na dinâmica. De facto, a marca italiana aposta numa construção de baixo peso, cerca de 1472 kg, com o objetivo de satisfazer as necessidades dos condutores mais exigentes. No interior, reina o luxo, mas também a digitalização. Os possíveis clientes podem contar com um painel de instrumentos digital e um ecrã instalado à frente do passageiro que permite controlar algumas funcionalidades do infotainment.

Ferrari Roma está equipado com um V8 que debita 620 cv

Para impulsionar este novo desportivo, a marca italiana recorre ao bloco V8 de 3.9 litros turbo que debita 620 cv e 760 Nm de binário. Este está associado à caixa automática de dupla embraiagem de oito velocidades que equipa o SF90 Stradale. Assim, o novo coupé italiano acelera dos 0 aos 100 km/h em 3,4 segundos, enquanto até aos 200 km/h demora 9,3 segundos. Por fim, a velocidade máxima é superior aos 320 km/h.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça o novo membro da família do Cavallino Rampante.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top