Artigo de Guilherme André
25-11-2019

A imagem fornecida pela Mercedes-Benz mostra escassos detalhes sobre o novo SUV GLA, mas a mais importante é a data de lançamento: 11 de dezembro. De salientar que esta vai ser feita em plataforma digital, a primeira vez na história da marca. Ainda assim, é esperado que tenha uma grande influência do Classe A, não só no visual como no interior. Tanto os faróis como os farolins mostram um desenho idêntico aos do novo GLB.

Leia ainda: Elon Musk confirma mais de 140 mil encomendas da Tesla Cybertruck

Apesar de aparentar ser mais baixo do que o antecessor, a Mercedes confirmou que o tejadilho está 10 centímetros mais elevado. Assim, os passageiros vão poder contar, na teoria, com mais espaço para a cabeça. Para além disso, destacam a melhoria no espaço para pernas, ainda que o veículo apresente menos 1,5 cm de comprimento face à anterior geração.

Veja o vídeo:

Novo Mercedes-Benz GLA recebe tecnologia idêntica ao Classe A

Algo que não deverá faltar neste novo GLA é tecnologia. Espera-se que este SUV esteja equipado com a configuração de dois ecrãs presente, por exemplo, no Classe A. Ao nível de motorizações, o GLA deve começar com o 1.3 lt a gasolina, um motor produzido em conjunto com a aliança Renaul-Nissan. Para além desse, deve receber o 1.5 lt e 2.0 lt Diesel. Numa segunda fase é esperado o GLA 45, bem como o GLA 35, as duas versões mais desportivas do modelo. Por fim, será produzido na fábrica de Rastatt, Alemanha, em conjunto com o Classe A.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e veja o SUV ainda camuflado.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top