Artigo de Guilherme André
10-01-2020

Depois de termos mostrado a renovação da gama Insignia, a Opel decidiu apresentar, igualmente no Salão Automóvel de Bruxelas, a versão desportiva GSi. No exterior as alterações são extremamente discretas, no entanto, as melhorias acontecem em outros detalhes. Começamos logo por abrir o capot do Insignia GSi e descobrir o novo motor. O 2.0 lt turbo a gasolina produz 230 cavalos de potência e 350 Nm de binário.

Leia ainda: Renault apresenta novas versões híbridas do Captur e Clio

Estes valores de potência são transmitidos às quatro rodas motorizes através da caixa automática de nove velocidades. De salientar que o sistema de tração integral Twinster tem vectorização de binário, ou seja, distribui a potência pelas rodas no momento ideal para um desempenho mais eficiente. Ainda ao nível mecânico, o Insignia GSi recebe um novo sistema de travagem “by-wire” e suspensão adaptativa.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

No interior, o principal destaque são os bancos desportivos GSi. Para além do agradável visual, devem conferir aos passageiros um bom apoio lateral durante uma condução mais desportiva. Ao nível de tecnologia, a versão mais desportiva recebe vários equipamentos. São disso exemplo a câmara traseira digital que combinada com o radar traseiro permite alertar o condutor sobre tráfego que se aproxime pelas laterais. Dispõe ainda de vários assistentes de condução como a travagem autónoma com deteção de peões e ciclistas, bem como de heads up display.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

Percorra a galeria e conheça o Opel Insignia GSi.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top