Artigo de Guilherme André
23-04-2020

Mais uma novidade, mais um elétrico. Desta vez, é a Opel que decidiu mostrar a silhueta, ainda camuflada, daquele que será o Mokka 100% elétrico. O SUV, que vai para a segunda geração, recebe uma versão movida a bateria e, segundo se sabe, já está na fase final de testes antes do início da produção.

Leia ainda: Novo Audi A3 Limousine apresenta-se com linhas renovadas e tecnologia mild hybrid

Era uma questão de tempo até ao pequeno SUV começar a ser falado. De facto, desde a união da Opel ao grupo PSA, o Mokka é um dos poucos modelos “completamente alemães”. Apesar de não terem sido revelados detalhes técnicos sobre esta variante elétrica, o Opel Mokka deve recorrer à plataforma CMP do grupo PSA. Ou seja, a mesma utilizada no “irmão” Corsa, mas também no Peugeot 208 e 2008.

Junte-se ao Automundo no Instagram.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por automundo.pt (@automundo_pt) em

Opel Mokka elétrico adota novas linhas estéticas

Quando olhamos para este exemplar camuflado, percebemos que vai adotar novas linhas estéticas. Aliás, deve ficar ainda mais semelhante ao Corsa, de forma a uniformizar toda a gama de modelos da marca alemã. Robusto e ao estilo crossover, o Mokka também deve reforçar o habitáculo com as mais recentes tecnologias e equipamento. Por fim, relativamente ao método propulsor nada foi revelado. Mas, é muito provável que o Opel Mokka adote o motor elétrico de 136 cavalos e 260 Nm de binário que equipa o Corsa-e, bem como a bateria de 50 kWh. Ainda assim, é necessário esperar pela confirmação final da Opel.

Clique aqui para se juntar ao Automundo no Facebook

 

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Top